Sahel

Pelo menos 25 mortos no Mali em novos confrontos intercomunitários

Pelo menos 25 pastores Fulani morreram nos últimos oito dias em confrontos intercomunitários realizados por caçadores Dogons no centro do Mali, de acordo com informação de um responsável da principal associação Fulani.

O número de vítimas não foi confirmado por fontes oficiais, mas de acordo com um responsável que pediu o anonimato, os confrontos fizeram “dezenas de mortes em ambos os lados”.

Os confrontos pela posse de terras entre os membros das comunidades de pastores Fulani e agricultores Bambara ou Dogons, que defendem suas terras. Em 2017, confrontos similares fizeram pelo menos 60 mortos.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo