Sahel | Segurança

Três combatentes do GATIA abatidos em Menaka, no Mali

O Grupo Tuareg Imghads and Allies (Gatia), um grupo de autodefesa próximo do regime de Ibrahim Boubacar Keita, anunciou em comunicado que perdeu três dos seus combatentes em Anderambukane no sábado, na região de Menaka perto da fronteira nigeriana.

No comunicado, Fahad Ag Almahmoud, secretário geral do Gatia, declarou que os seus homens foram atacados entre as 3 da manhã e as 4 da manhã de sábado, de surpresa, no posto de controlo sul de Anderamboukane, onde perdeu três combatentes e um ficou ferido.

De acordo com um responsável de segurança da região, abordado pela AFP, os autores do ataque são terroristas que da região Nordeste, perto da fronteira com o Níger.

Esta região é controlada pelo Gatia e pelo Movimento de Salvação Azawad (MSA), outro grupo pró-governo. Em 2015, participaram da assinatura do acordo de paz do processo de Argel.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo