António Costa desaconselha viagens de finalista na Páscoa devido ao surto de coronavírus

O primeiro-ministro, António Costa, desaconselhou esta quinta-feira as viagens de finalistas que se costumam realizar nas férias da Páscoa, devido ao surto do Covid-19. O chefe do Governo falava aos jornalistas à entrada para a reunião do Conselho de Ministros, que decorreu esta manhã, em Bragança.

Talvez fosse recomendável evitarem-se viagens de finalistas… sobretudo para zonas onde já sabemos que se verifica risco”, disse António Costa.

Também a Associações de Pais (CONFAP) desaconselha os finalistas do ensino secundário a viajar. “Não valerá a pena correr o risco por esta viagem de finalistas. Este ano seria de ponderar seriamente não a realizar”. De acordo com a RTP, o Ministério da Educação já terá mesmo emitido uma recomendação às escolas nesse sentido.

Segundo o Correio da Manhã, caso as viagens de finalistas sejam canceladas, as agências não vão reembolsar os alunos, a não ser que a Organização Mundial de Saúde (OMS) aprove novas medidas de restrição.

 

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Cabo Verde: Governo quer garantir maior autonomia financeira dos municípios

Cabo Verde: Governo quer garantir maior autonomia financeira dos municípios

O Governo cabo-verdiano apresentou um pacote legislativo para assegurar maior autonomia financeira dos municípios. Neste sentido, defende uma efetiva descentralização,…
Guiné-Bissau: Liga dos Direitos Humanos alerta para a ameaça do extremismo violento

Guiné-Bissau: Liga dos Direitos Humanos alerta para a ameaça do extremismo violento

O Presidente da Liga Guineense dos Direitos Humanos (LGDH), Augusto Mário da Silva, alertou as autoridades guineenses sobre a ameaça…
Banco Mundial corta apoio a Moçambique por desvio de aplicação de fundos

Banco Mundial corta apoio a Moçambique por desvio de aplicação de fundos

O Banco Mundial decidiu suspender o seu apoio ao Fundo de Gestão de Calamidades (FGC), gerido pelo Instituto Nacional de…
Vivem no estrangeiro cerca de dois milhões de emigrantes portugueses, segundo a ONU

Vivem no estrangeiro cerca de dois milhões de emigrantes portugueses, segundo a ONU

De acordo com as últimas estimativas das Nações Unidas, em 2020, havia cerca de dois milhões de portugueses emigrados a…