Brasil | Nacional

Brasil enviará 200 atletas olímpicos para Portugal para que não se contagiem com o coronavírus

O Comité Olímpico Brasileiro (COB) anunciou na terça-feira que enviará 200 atletas para Portugal para que possam continuar a sua preparação para Tóquio 2020, que foi afetado pela pandemia de coronavírus.

Dada a falta de medidas preventivas por parte do governo de Jair Bolsonaro, apesar de ser um dos países mais afetados pelo COVID-19, o COB enviará os seus atletas “de forma faseada” a partir de julho, que permanecerá até próximo dezembro.

O COB entende o momento peculiar pelo qual todos estão a passar, com um impacto direto em todas as atividades sociais, incluindo desportos. Por esse motivo, cumprimos o nosso papel de manter o Sistema Olímpico saudável e oferecer aos nossos atletas as melhores condições de treino e desempenho, com a máxima segurança“, afirmou o presidente da entidade, Paulo Wanderley Teixeira.

O projeto beneficiará atletas de diferentes modalidades e será financiado pelo COB, que pagará as viagens, alojamento e alimentação durante os seis meses de duração do programa.

Portugal, um dos países de maior sucesso na sua estratégia para conter a pandemia, será o primeiro destino dos atletas brasileiros e foi escolhido por estar “num nível avançado de combate ao COVID-19”, explicou o comunicado.

Temos um relacionamento próximo com o Comité Olímpico Português e já iniciamos negociações para usar Portugal como local de aclimatação para atletas que disputarão as Olimpíadas de Paris em 2024“, explicou o diretor geral do COB, Rogerio Sampaio, campeão olímpico de judo em Barcelona 92.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo