Nacional

Covid-19: Recomendações do setor funerário

A Associação Nacional de Empresas Lutuosas (ANEL), em Portugal, emitiu hoje um conjunto de recomendações às famílias enlutadas e ao setor funerário, naquilo que tem a ver com o tratamento de cadáver, autópsias, casas mortuárias e agências funerárias.

Entre as recomendações emitidas estão a pré-marcação com as agências funerárias de reunião para contratação e planeamento dos serviços fúnebres e limitando-se à presença de dois familiares, a não realização de velório público e o uso obrigatório de equipamentos de proteção individual a quem manusear os cadáveres que preferencialmente devem ser desinfetados.

A (ANEL) é a maior associação portuguesa do setor, representando mais de 50% das empresas funerárias portuguesas e recomenda a adoção destas medidas temporárias de salvaguarda, com o objetivo de se minorar os riscos de contágio, quer para os profissionais funerários, quer para os que participam nas cerimónias fúnebres.

 

 

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo