Ecocentro Municipal da Lousã já encaminhou mais de 210 toneladas de resíduos

O Ecocentro Municipal da Lousã recebeu e encaminhou, até ao momento, mais de 210 toneladas de resíduos diversos, como resíduos de equipamentos elétricos e eletrónicos (REEE), “monos/monstros”, madeiras, resíduos de construção e demolição, papel, cartão, ferro, têxteis entre outros.

Este equipamento, instalado na Zona Empresarial do Alto do Padrão, é um local onde os munícipes podem depositar gratuitamente os resíduos que, pelas características e/ou dimensões, não podem ser depositados nos contentores de lixo ou ecopontos disponíveis na via pública.

Durante o primeiro semestre de funcionamento, foram rececionados, triados e encaminhados 64 toneladas de monstros, sendo de destacar o complemento efetuado entre este equipamento e o serviço gratuito de recolha destes resíduos disponibilizado pela Autarquia.

De destacar que, especificamente neste tipo de resíduos e devido ao trabalho de triagem que o ecocentro possibilita, regista-se uma diminuição média de cerca de 70% de monstros depositados em aterro quando comparado com o ano de 2021.

Do Ecocentro foram, também, encaminhados para reciclagem 22 toneladas de resíduos de equipamentos elétricos e eletrónicos (REEE). Esta fileira tem especial relevância pelo potencial médio de reciclagem de mais de 80%, os REEE representam uma fonte extraordinária de recursos, contendo não apenas plásticos e metais ferrosos, mas, também, outro tipo de metais.

Registou-se, ainda, o depósito e encaminhamento de 58 toneladas de madeira, que foram encaminhados para transformação em aglomerado, e foi possivel o encaminhamento adequado de 52 toneladas de resíduos de construção e demolição.

Foram ainda encaminhados cerca de 20 toneladas de têxteis, plástico, metal, papel, cartão, óleos e monstros metálicos (vulgo sucatas).

A partir de dia 22 de novembro e durante o inverno, o Ecocentro Municipal da Lousã, funcionará de terça a sexta feira, das 09h30 às 12h30 e das 14h às 18h e aos sábados das 9h às 12h30 e das 14h às 17h30.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Moçambique: Atraso de salários gera greve no município de Nacala

Moçambique: Atraso de salários gera greve no município de Nacala

Mais de setecentos funcionários e agentes do Estado afetos ao Conselho autárquico de Nacala, na província de Nampula, encontram-se em…
Cabo Verde: UCID comenta mensagem de Ano Novo do PR

Cabo Verde: UCID comenta mensagem de Ano Novo do PR

O líder da UCID, João Santos Luís, comentou nesta terça-feira, 03 de janeiro, a mensagem de Ano Novo do Presidente…
Brasil: Lula assina primeiros decretos para o novo governo

Brasil: Lula assina primeiros decretos para o novo governo

No dia em que assumiu a presidência do Brasil pela terceira vez, Luiz Inácio Lula da Silva assinou vários decretos…
Moçambique: Arrancou a edição de 2023 do Recenseamento Militar

Moçambique: Arrancou a edição de 2023 do Recenseamento Militar

Arrancou ontem, 03 de janeiro, em Moçambique, o processo de Recenseamento Militar edição 2023, sob o lema: “Recenseamento Militar: Promovendo…