portugal bandeira muralhas castelo

BdP prevê que a economia contraia 9,5% devido ao Covid-19

O Banco de Portugal (BdP) prevê que a economia do país português contraia cerca de 9,5 pontos percentuais este ano devido ao impacto da pandemia de Covid-19, de acordo com um relatório disponível esta quarta-feira no site da instituição.

De acordo com as previsões da entidade, a queda no calendário atual seria de 9,5%, mas alerta que o impacto pode ser de 13% se houver um ressurgimento da doença.

A economia portuguesa deverá contrair-se fortemente em 2020, num contexto global de reduções no Produto Interno Bruto (PIB), bem como no comércio internacional, que só pode ser comparado com o que foi registado na Grande Depressão de 1928“, refere a análise.

A instituição apontou que, durante o primeiro trimestre do ano, o PIB contraiu 3,8% em relação ao período de outubro a dezembro de 2019.

Principalmente devido à queda nos serviços de turismo, espera-se que Portugal sofra uma queda de mais de 25% das exportações em 2020. Além disso, o consumo privado deverá diminuir em quase nove por cento.

Apesar de tudo, de acordo com o estudo do BdP, o país experimentará um crescimento do PIB de 5,2% em 2021 e 3,8% em 2022.

No entanto, na eventualidade de uma recorrência da doença no país, a recuperação seria de apenas 1,7% no próximo ano de 2021 e 3,5% no ano seguinte.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Brasil: como o mundo virtual está a mobilizar divergências políticas no país

Brasil: como o mundo virtual está a mobilizar divergências políticas no país

As redes sociais têm sido o ambiente preferido dos apoiantes de Jair Bolsonaro, ex-presidente do Brasil, para se mobilizarem. No…
STP: Assalto ao Quartel das Forças Armadas

STP: Assalto ao Quartel das Forças Armadas

Para os santomenses uma das prioridades é conhecer rapidamente o desfecho da investigação relacionada com os acontecimentos de 25 de…
STP: Frente Unida dos Partidos Políticos de Oposição desconfia das investigações

STP: Frente Unida dos Partidos Políticos de Oposição desconfia das investigações

A oposição vai introduzir uma moção de censura ao XVIII governo constitucional, na sequência dos acontecimentos de 25 de novembro…
Moçambique: Delegado da INAE de Nampula preso por corrupção

Moçambique: Delegado da INAE de Nampula preso por corrupção

O delegado da Inspeção Nacional das Atividades Económicas (INAE) de Nampula foi detido esta quinta-feira, 12 de janeiro, por ordens…