Economia

PIB português cai 3,9% no 1º trimestre devido à pandemia

O produto interno bruto (PIB) de Portugal caiu no primeiro trimestre de 2020 em 3,9% em comparação com os últimos três meses de 2019, devido à crise de saúde global, de acordo com uma estimativa provisória publicada esta sexta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

O declínio do PIB reflete “os efeitos da pandemia de Covid-19 na atividade económica” a partir de março, indica o INE em comunicado. A queda é de 2,4% em relação ao mesmo trimestre do ano passado.

As exportações portuguesas caíram 7,3% em termos trimestrais e 5,1% em termos homólogos. A procura interna, por sua vez, caiu 1,9% na variação trimestral e 1% num ano.

Esse declínio na atividade económica é mais pronunciado do que o esperado pela Comissão Europeia, que esperava no início de maio um declínio de 1,8% na variação trimestral.

Ainda de acordo com Bruxelas, Portugal deverá experimentar uma recessão de 6,8% este ano, depois de crescer 2,2% em 2019.

No final de março, o Banco de Portugal tinha revisto as suas previsões económicas para baixo acentuadamente devido à pandemia ligada ao novo coronavírus, contando para este ano uma recessão de 3,7 a 5,7%.

O governo, que esperava um crescimento de 1,9% no seu orçamento para 2020, disse que aguarda conhecer em detalhes o plano de recuperação europeu para atualizar as suas previsões.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo