Taxa de desemprego desce para o valor mais baixo dos últimos nove anos

A taxa de desemprego de maio desceu para 9,2%, o valor mais baixo desde 2008, estimando-se para junho uma nova descida para 9%, de acordo com as previsões do Instituto Nacional de Estatística (INE).

Portugal tinha, em maio, 473,7 mil pessoas desempregadas, tendo este número diminuído 3,3% em relação ao mês anterior (menos 16,2 mil pessoas), enquanto a população empregada foi estimada em 4,670 milhões de pessoas, tendo aumentado 0,1% (mais 5,9 mil pessoas) face a abril.

Relativamente aos jovens, a taxa de desemprego foi de 23,4% e diminuiu 0,5 pontos percentuais em relação ao mês precedente. Já a taxa de desemprego dos adultos foi de 7,9% e diminuiu 0,2 pontos percentuais em relação àquele mês.

A estimativa provisória da taxa de desemprego de junho de 2017 foi de 9,0%, representando uma população desempregada de 462,6 mil pessoas e a da população empregada de 4 672,3 mil pessoas.

 

 

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Timor-Leste: Três partidos unem-se na Aliança Democrata

Timor-Leste: Três partidos unem-se na Aliança Democrata

São três os partidos timorenses, um dos quais ainda não se encontra registado, que tencionam apresentar-se nas eleições legislativas, previstas…
Guiné-Bissau: UNTG-CS diz supressão do feriado de 3 de Agosto não tem efeito jurídico

Guiné-Bissau: UNTG-CS diz supressão do feriado de 3 de Agosto não tem efeito jurídico

O Secretário-geral da União Nacional dos Trabalhadores da Guiné – Central Sindical da Guiné-Bissau (UNTG-CS), Júlio António Mendonça, disse esta…
Brasil: autoridades apuram desvios de recursos da saúde em Pernambuco

Brasil: autoridades apuram desvios de recursos da saúde em Pernambuco

A Controladoria-Geral da União (CGU) do Brasil participou na Operação Clã, nos últimos dias, cujo objetivo é apurar possíveis irregularidades…
Angola: Mais de 50% das empresas fogem ao fisco

Angola: Mais de 50% das empresas fogem ao fisco

Dos 200 mil contribuintes empresariais controlados pela base cadastral da Administração Geral Tributária (AGT) em Angola, mais de 50% fogem…