Viana do Castelo recebe investimento japonês de 12 milhões de euros

A primeira fábrica de componentes para automóveis do grupo japonês Howa em Portugal vai começar a ser construída no próximo mês, na zona industrial do Neiva, em Viana do Castelo, num investimento de 12 milhões de euros, e vai criar até 70 postos de trabalho.

O novo investimento da Howa Tramico Automotive foi apresentado na última segunda-feira em conferência de imprensa na Câmara de Viana do Castelo e a construção vai começar em junho, num terreno com 25 mil metros quadrados, na zona industrial do Neiva.

Os responsáveis da multinacional japonesa presentes no encontro com os jornalistas apontaram a data de “abril de 2017” para a entrada em funcionamento da nova fábrica, que terá “uma área coberta de 7.500 metros quadrados, estando já reservado mais um terreno de cinco mil metros quadrados para a construção de uma segunda unidade”.

A fábrica de Viana do Castelo vai produzir “produtos têxteis e espumas para isolamento térmico e acústico dos tejadilhos e painéis laterais para portas de automóveis”, que terão como destino as principais marcas de automóveis mundiais e estima atingir uma faturação anual de mais de cinco milhões de euros.

As razões apontadas para a localização do novo investimento são a proximidade de Viana do Castelo ao aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, e a Vigo, na Galiza. Segundo o presidente da Câmara, José Maria Costa, este contrato de investimento resulta das “boas condições” que a autarquia tem vindo a criar para a fixação de investimento. A Câmara de Viana aprovou a atribuição de benefícios fiscais no valor de 8 245 euros, nomeadamente a isenção do Imposto Municipal de Transações (IMT) e a isenção total das taxas de infraestruturas.

O grupo Howa, fundado no Japão em 1955, tem fábricas em 13 países onde emprega mais de três mil pessoas na fileira dos componentes para automóveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Moçambique: Estudante do IFPQ morre após consumo de Ratex

Moçambique: Estudante do IFPQ morre após consumo de Ratex

Um estudante que frequentava o 2o ano no Instituto de Formação de Professores de Quelimane(IFPQ), morreu no princípio da tarde…
Angola focada no crescimento das áreas económica e empresarial da CPLP

Angola focada no crescimento das áreas económica e empresarial da CPLP

O chefe da diplomacia angolana, Téte António, declarou que Angola vai aproveitar a presidência na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa…
STP: Evaristo Carvalho presidiu aos festejos de 12 de julho

STP: Evaristo Carvalho presidiu aos festejos de 12 de julho

O Evaristo Carvalho fez esta segunda-feira, no anfiteatro do Palácio dos Congressos, o seu discurso do 46º aniversário da Independência…
Moçambique: Fronteiras com África do Sul em estado de alerta por causa da covid-19

Moçambique: Fronteiras com África do Sul em estado de alerta por causa da covid-19

A partir de ontem, dia 12 de Julho, as fronteiras com África do Sul passaram a estar em estado de…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin