Espanha, França e Portugal negoceiam a abertura de ‘corredores turísticos’

Os governos espanhol, português e francês estão a negociar a criação de “corredores turísticos” para evitar a quarentena, de acordo com o ministro dos Negócios Estrangeiros português, Augusto Santos Silva.

Os portugueses que regressem de Portugal através da Espanha e entram na França não estarão sujeitos à quarentena. Os espanhóis também nos disseram que concordam em criar corredores de trânsito sem pernoite, sem a necessidade de quarentena“, afirmou Santos Silva em declarações à emissora Rádio Observador.

Santos Silva destacou que os “turistas” e também os “emigrantes são muito bem-vindos” em Portugal, depois de enfatizar que a situação causada pelo coronavírus na Páscoa foi “excecional e já passou” para passar a uma fase “muito controlada em termos de Saúde“.

No entanto, Santos Silva ressalvou que haverá “controlos sanitários mínimos” para quem chegar de avião.

Lisboa também está a manter contatos com o Reino Unido para facilitar viagens turísticas com “corredores bilaterais” que permita facilitar os intercâmbios turísticos, segundo o Jornal de Notícias.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *



Artigos relacionados

Dieta saudável rica em fruta pode reduzir risco de diabetes tipo 2

Dieta saudável rica em fruta pode reduzir risco de diabetes tipo 2

Num estudo com 7.675 australianos, o maior consumo de frutas foi associado a melhores índices de tolerância à glicose e…
Cabo Verde: PAICV preocupado com pobreza no Paul

Cabo Verde: PAICV preocupado com pobreza no Paul

O dirigente da bancada do PAICV, Nilton Delgado, realçou no discurso feito na sessão solene da Assembleia Municipal do Paul que a pobreza é o maior desafio neste concelho. …
A falta de educação matemática afeta negativamente o desenvolvimento do cérebro

A falta de educação matemática afeta negativamente o desenvolvimento do cérebro

Um novo estudo, publicado este mês no Proceedings of the National Academy of Sciences, mostra que, dentro da mesma sociedade,…
Moçambique: Total diminui força de trabalho no país

Moçambique: Total diminui força de trabalho no país

A petrolífera francesa Total decidiu reduzir a sua força de trabalho em Moçambique, na sequência do recente ataque armado contra Palma. Recorde-se que este local é…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin