Estratégia Nacional de Ciberdefesa aprovada em Conselho de Ministros

O Conselho de Ministros aprovou a Estratégia Nacional de Ciberdefesa, que caracteriza e densifica a visão estratégica, o enquadramento interorganizacional e o desenvolvimento das capacidades de ciberdefesa, cruciais para a soberania digital.

Na conferência de imprensa após o Conselho de Ministros, em Lisboa, a Ministra da Defesa Nacional, Helena Carreiras, afirmou que se trata de “documento orientador”, que servirá “para reforçar o desenvolvimento da capacidade nacional de ciberdefesa, aumentando assim a nossa resiliência e soberania”.

Helena Carreiras disse também que esta Estratégia Nacional de Ciberdefesa “é fruto de um trabalho prolongado” iniciado já no anterior Governo, “desenvolvido em consulta com outras áreas governativas e entidades” com responsabilidades na área da segurança do ciberespaço.

O desenvolvimento desta capacidade, prosseguiu a Ministra, vai ter impacto noutras orientações nacionais, como é o caso do Conceito Estratégico de Defesa Nacional, “ao mesmo tempo que procura aproximar-se de outras orientações europeias e internacionais”, designadamente da NATO.

A estratégia, agora aprovada, baseia-se em seis eixos: utilizar o ciberespaço como um domínio de operações; reforçar a capacidade de ciberdefesa nacional; criar a escola de ciberdefesa; intensificar a cooperação nacional e internacional; promover a investigação, desenvolvimento e inovação no ciberespaço, incentivando o desenvolvimento de soluções de duplo uso; e assegurar as capacidades necessárias da ciberdefesa em contextos de estado de exceção.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Moçambique: FMI prevê elevado crescimento do crédito à economia

Moçambique: FMI prevê elevado crescimento do crédito à economia

O Fundo Monetário Internacional (FMI) estima um crescimento considerável do crédito à economia em 2023 para Moçambique.  Se isso se…
Angola: Governo entrega proposta do OGE 2023 até 15 de dezembro

Angola: Governo entrega proposta do OGE 2023 até 15 de dezembro

O Governo angolano assegurou nesta quinta-feira, 24 de novembro, que vai entregar a proposta do Orçamento Geral do Estado (OGE)…
Cabo Verde regista três casos da sub-linhagem da variante Ómicron “BQ.1.1”

Cabo Verde regista três casos da sub-linhagem da variante Ómicron “BQ.1.1”

Segundo a Ministra da Saúde de Cabo Verde, Filomena Gonçalves, desde o início de novembro houve um pequeno aumento dos…
Portugal reconhece qualificações académicas de 100 refugiados ucranianos

Portugal reconhece qualificações académicas de 100 refugiados ucranianos

A Direção-Geral do Ensino Superior (DGES) de Portugal já reconheceu as qualificações académicas de cerca de 100 cidadãos ucranianos desde…