Economia | Europa | Nacional

França desmente notícia da Bloomberg que indicou que Mário Centeno está fora da corrida ao FMI

França desmentiu a notícia avançada na segunda-feira pela Bloomberg e pelo Financial Times que dava conta de que o ministro português das Finanças, Mário Centeno, tinha sido excluído da lista de candidatos à liderança do Fundo Monetário Internacional (FMI).

O porta-voz do ministro das Finanças francês assegurou que a lista de candidatos continua a ter cinco nomes – Mário Centeno, Jeroen Dijsselbloem, Olli Rehn, Kristalina Georgieva e Nadia Calviño.

Recorde-se que a Bloomberg e o Finantial Times, citando fontes comunitárias, garantiam que a “shortlist” dos candidatos ao lugar de Christine Lagarde tinha ficado ainda mais pequena depois de serem descartados os nomes de Centeno e da homóloga espanhola, Nadia Calviño.

Assim, além de Centeno e Calviño, a lista é composta por Jeron Dijsselbloem, ex-ministro das Finanças da Holanda e antecessor de Centeno na liderança do Eurogrupo, o atual governador do banco central da Finlândia, o ex-comissário europeu Olli Rehn, e Kristalina Georgieva, diretora-executiva do Banco Mundial.

 

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo