Nacional

Fronteiras terrestres entre Espanha e Portugal abrem novamente

O rei espanhol Felipe VI, o chefe do governo, Pedro Sánchez, o Presidente Português, Marcelo Rebelo de Sousa, e o Primeiro Ministro Português, António Costa, realizaram nesta quarta-feira em Badajoz a reabertura simbólica das fronteiras entre vizinhos ibéricos, que têm estado encerradas desde 17 de março devido à pandemia do coronavírus.

A importância do retorno à normalidade transfronteiriça, foi assinalada com um ato duplo, primeiro na cidade espanhola de Badajoz e depois Elvas, com a presença dos dois chefes de estado e dos dois chefes de governo.

Badajoz foi palco da primeira cerimónia e onde as autoridades regionais e locais, lideradas pelo presidente da Extremadura, Guillermo Fernández Vara, receberam os chefes de estado e de governo. O primeiro a chegar foi Sánchez, e mais tarde o Rei, que minutos depois recebeu Marcelo Rebelo de Sousa e António Costa.

Um quarteto da Orquestra Extremadura interpretou os hinos nacionais dos dois países, momento em que todos, ao ar livre, tiraram as suas máscaras protetoras. De seguida realizaram uma caminhada na muralha da Alcazaba de onde viram o território português.

Numa publicação no Twitter, António Costa assinalou que “Hoje assinalamos ao mais alto nível a normalização do trânsito terrestre da fronteira entre Portugal e Espanha. É um reencontro entre vizinhos, que são irmãos e amigos. Desta fronteira aberta depende a nossa prosperidade partilhada e um destino comum no projeto europeu”.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo