Governo anuncia 101 milhões de euros para eficiência energética

São 24,5 milhões para empresas, 32,5 milhões de euros para Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS), 19 milhões para edifícios da administração local e 25 milhões para edifícios de habitação social, totalizando cerca de 101 milhões de fundos europeus lançados a concurso.

Este financiamento é disponibilizado através dos Programas Operacionais Regionais do Portugal 2020 e é distribuído por Portugal Continental da seguinte forma no Norte 25 milhões de euros, no Centro 26 milhões de euros, em Lisboa 33 milhões de euros, no Alentejo 13 milhões de euros e no Algarve 4 milhões de euros.

Estes investimentos estão enquadrados no Plano Nacional de Energia e Clima, que promove a descarbonização da economia e a transição energética visando a neutralidade carbónica em 2050, assente num modelo de coesão territorial que potencie a geração de riqueza e o uso eficiente de recursos.

Os apoios agora anunciados são parte de um total de 730 milhões de euros do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional e do Fundo de Coesão destinados, no âmbito do Portugal 2020, à melhoria da eficiência energética em Portugal Continental.

Estes apoios podem destinar-se, no caso das empresas, à instalação de novas tecnologias mais eficientes, à substituição de frotas através da aquisição de veículos elétricos ou a gás natural ou à instalação de painéis solares e outras fontes de energia renovável. Nos edifícios públicos ou privados, podem destinar-se à instalação de isolamento térmico na envolvente de edifícios, à instalação de janelas com corte térmico ou a soluções de iluminação que impliquem poupança de energia.

Serão realizados pelos Programas Operacionais Regionais do Portugal 2020, em articulação com a Secretária de Estado do Desenvolvimento Regional, Maria do Céu Albuquerque, e o Secretário de Estado da Energia, João Galamba, seminários de divulgação dos avisos de concurso para as empresas e para as IPSS nas seguintes datas:

11 de outubro – PO Norte, em Guimarães;

14 de outubro – PO Alentejo, em Évora;

21 de outubro – PO Lisboa, em Lisboa;

29 de outubro – PO Algarve;

12 de novembro – PO Centro, em Coimbra.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Cabo Verde: MpD tem Convenção marcada para maio de 2023

Cabo Verde: MpD tem Convenção marcada para maio de 2023

A Direção Nacional do Movimento para a Democracia (MpD) marcou a Convenção Nacional do partido para os dias 26, 27…
Angola e EAU analisam relações bilaterais

Angola e EAU analisam relações bilaterais

Angola e os Emirados Árabes Unidos (EAU) aproveitaram as celebrações do 51.º Dia Nacional dos EAU, realizadas em Luanda, para…
Afeganistão: Realizada primeira execução pública desde regresso dos talibãs

Afeganistão: Realizada primeira execução pública desde regresso dos talibãs

Os talibãs voltaram à prática de execuções públicas, tendo executado nesta quarta-feira, 07 de dezembro, um afegão condenado por homicídio.…
Guiné-Bissau: PNUD diz que a etnicização política aumenta durante os processos eleitorais

Guiné-Bissau: PNUD diz que a etnicização política aumenta durante os processos eleitorais

Os actores políticos e sociais guineenses estão reunidos em Bissau de 7 a 10 de Dezembro, na Conferência de Alto…