Nacional | Sociedade

Hacker Rui Pinto acusado de 147 crimes

O hacker português Rui Pinto foi acusado esta quinta-feira pelo Ministério Público (MP) dos crimes de acesso ilegítimo, extorsão na forma tentada, sabotagem informática e violação de correspondência.

Rui Pinto, foi acusado de 75 crimes de acesso ilegítimo, um de extorsão na forma tentada e outro de sabotagem informática. Rui Pinto foi ainda acusado de 70 crimes de violação de correspondência, sete dos quais agravados, refere a Procuradoria-Geral da República em comunicado.

Também o advogado de Rui Pinto na altura, Aníbal Pinto, foi acusado de um crime de extorsão na forma tentada.

Em prisão preventiva desde 22 de março deste ano, Rui Pinto, de 30 anos, foi detido na Hungria e entregue às autoridades portuguesas, com base num Mandado de Detenção Europeu (MDE), que apenas abrange os acessos ilegais aos sistemas informáticos do Sporting e do fundo de investimento ‘Doyen Sports’.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo