Nacional

Mais de 1.000 reclamações relacionadas com a COVID-19 em Portugal

Portal da Queixa

Desde o início do surto do Covid-19 e até 22 de março, o Portal da Queixa em Portugal já recebeu mais de 1000 queixas relacionadas com a pandemia, uma média de 100 reclamações por dia.

De acordo com os dados, as agências de viagens, com 402 queixas, e as companhias aéreas, com um total de 137, continuam a ser os alvos do maior número de reclamações, relativas ao cancelamento dos voos e ao respetivo reembolso. A seguir são os hiper e supermercados, entregas ao domicílio e saúde os setores que lideram a tabela das reclamações dos consumidores portugueses.

As queixas contra a especulação de preços e as burlas online começam também a ganhar expressão, uma alteração expectável tendo em conta a evolução da pandemia e a mudança de comportamentos de consumo como consequência do isolamento social e do Estado de Emergência decretado.

Pedro Lourenço, CEO do portal da queixa, explica “como se verifica uma alteração comportamental no consumo, por parte dos portugueses, devido à quarentena – que se refletiu no aumentou das compras através da internet -, nomeadamente dos bens essenciais de consumo e outros, as empresas de entregas ao domicílio registaram uma subida abrupta de reclamações, a sua maioria relativas a dificuldades na entrega ou pedidos errados. Foi igualmente notório um volume anormal de reclamações dirigidas a farmácias e espaços de saúde, considerando a venda de produtos desinfetantes a preços exorbitantes.”

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo