Covid-19: Mais de 1.100 milhões de euros para apoiar a restauração

O ministro da Economia e Transição Digital, Pedro Siza Vieira, apresentou ontem, sábado, as medidas para apoiar a restauração, um setor fortemente afetado pela pandemia de Covid-19.

O Governo irá disponibilizar 1.103 milhões de euros em medidas de apoio ao setor, destes, cerca de 500 milhões serão apoios a fundo perdido.

Para apoiar a perda de faturação dos dois fins de semana de recolher obrigatório o ministro anunciou um apoio de 25 milhões de euros, que cobrirá 20% das perdas calculadas com base na faturação dos últimos 44 fins de semana.

Segundo os dados do Governo, o setor da restauração registou uma perda de faturação de 1.860 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *



Artigos relacionados

As primeiras memórias podem começar aos dois anos e meio

As primeiras memórias podem começar aos dois anos e meio

Em média, as primeiras memórias que as pessoas podem recordar remontam a quando tinham apenas dois anos e meio de…
Angola: Suspensão da dívida ao estrangeiro poupa USD 300 milhões

Angola: Suspensão da dívida ao estrangeiro poupa USD 300 milhões

A ministra das Finanças de Angola, Vera Daves, informou que o mais recente pedido de suspensão da dívida por parte do país a parceiros…
Marrocos quer impulsionar energias renováveis ​​e hidrogénio verde

Marrocos quer impulsionar energias renováveis ​​e hidrogénio verde

Marrocos anunciou a ambição de aumentar a participação da capacidade total de energia renovável para mais de 52% até 2030.…
Timor-Leste: Nove instituições registadas pela CAC para declarar bens

Timor-Leste: Nove instituições registadas pela CAC para declarar bens

O Comissário-Adjunto da Direção para os Assuntos de Prevenção e Sensibilização da Comissão Anti-Corrupção (CAC), Luís de Oliveira Sampaio, declarou que os cargos…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin