Ministra da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Elvira Fortunato

Ministra da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior participa na Noite Europeia de Investigadores

No âmbito da edição de 2022 da Noite Europeia dos Investigadores, a Ministra da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Elvira Fortunato marcará presença, esta sexta-feira, dia 30 de setembro, pelas 21h, na iniciativa promovida pelo Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa. 

A Ministra Elvira Fortunato participará na abertura do painel «Sou cientista e faço política», e abordará o papel do trabalho de um/a investigador/a em questões de como é que o olhar da ciência ajuda a ter uma perceção mais clara dos problemas da sociedade ou que desafios enfrentam e que sucessos conseguem os cientistas que, de uma forma ou outra, participam na «causa pública». O contributo da ciência para a sociedade é inquestionável, com uma dimensão em que possibilita avanços nas áreas da saúde, da alimentação, do ambiente, da tecnologia, da energia, entre outras, melhorando a qualidade de vida das populações e enriquecendo as sociedades intelectual e culturalmente.

A sessão conta ainda com a intervenção de Carlos Morais Pires, a partir de Bruxelas em representação de Mariya Gabriel, Comissária da Inovação, Investigação, Cultura, Educação e Juventude.

A Noite Europeia dos Investigadores é organizada pela Ciência Viva e conta com investigadores de diversas Unidades de Investigação, Laboratórios de Estado e Universidades. Esta é uma iniciativa que juntará cientistas e público dando a conhecer as paixões e os hobbies não-científicos de quem faz ciência no nosso país. O programa inclui momentos musicais, conversas e jogos, arte e ainda workshops de cozinha, lições sobre orquídeas e artes marciais. 

Uma aposta do MCTES, no esforço de apoiar a comunidade científica, não só contribuindo para consolidar o posicionamento do País nas redes internacionais de ciência e tecnologia e na capacidade para explorar novas oportunidades associadas às fronteiras do conhecimento, mas também para promover a literacia científica junto do cidadão.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Moçambique: FMI prevê elevado crescimento do crédito à economia

Moçambique: FMI prevê elevado crescimento do crédito à economia

O Fundo Monetário Internacional (FMI) estima um crescimento considerável do crédito à economia em 2023 para Moçambique.  Se isso se…
Angola: Governo entrega proposta do OGE 2023 até 15 de dezembro

Angola: Governo entrega proposta do OGE 2023 até 15 de dezembro

O Governo angolano assegurou nesta quinta-feira, 24 de novembro, que vai entregar a proposta do Orçamento Geral do Estado (OGE)…
Cabo Verde regista três casos da sub-linhagem da variante Ómicron “BQ.1.1”

Cabo Verde regista três casos da sub-linhagem da variante Ómicron “BQ.1.1”

Segundo a Ministra da Saúde de Cabo Verde, Filomena Gonçalves, desde o início de novembro houve um pequeno aumento dos…
Portugal reconhece qualificações académicas de 100 refugiados ucranianos

Portugal reconhece qualificações académicas de 100 refugiados ucranianos

A Direção-Geral do Ensino Superior (DGES) de Portugal já reconheceu as qualificações académicas de cerca de 100 cidadãos ucranianos desde…