Nacional | Sociedade

Motoristas de matérias perigosas marcam nova greve para 7 a 22 de setembro

O Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) apresentou, esta quarta-feira, um novo pré-aviso de greve, desta vez ao trabalho suplementar, feriados e fins de semana, para o período de 7 a 22 de setembro. Este é já o quarto pré-aviso de greve que entregue por este sindicato.

Segundo o presidente do SNMMP, Francisco São Bento, não há nenhuma indicação para serviços mínimos. “Uma vez que estão assegurados os horários de função normal de qualquer trabalhador, não vemos necessidade de apresentar serviços mínimos”, explicou.

A greve ao trabalho suplementar acontece como protesto ao que o SNMMP diz ser uma atitude intransigente da Antram, associação das empresas de transporte de mercadorias, na negociação de um novo contrato coletivo.

Na terça-feira, o SNMMP e Antram tiveram reuniões separadas no Ministério das Infraestruturas, mas o acordo de mediação governamental acabou por não avançar, porque, de acordo com a associação patronal, o SNMMP estipulou como pré-condições para a mediação vários compromissos da Antram, entre os quais a fixação de um subsídio de risco para os motoristas de matérias perigosas de 175 euros por mês, um valor 50 euros acima do que a Antram já tinha acordado em maio.

 

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo