Plano “Turismo + Sustentável 20-30” em discussão pública até janeiro

O  Plano Turismo + Sustentável 20-23 foi ontem conhecido, numa sessão pública, que decorreu na sede do Turismo de Portugal, em Lisboa, e contou com as presenças da Secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, e da Secretária de Estado do Ambiente, Inês dos Santos Costa.

Em consulta pública até 26 de janeiro, o plano contempla quatro eixos estratégicos – estruturar uma oferta cada vez mais sustentável, qualificar os agentes do setor, promover Portugal como um destino sustentável e monitorizar as métricas de sustentabilidade do setor.

Resultante de um trabalho conjunto envolvendo os parceiros do setor, este Plano abrange mais de 70 projetos e ações, que visam contribuir para a resposta do turismo aos desafios da sustentabilidade definidos à escala mundial, europeia e nacional e alinhados com os objetivos da Estratégia Turismo 2027 e da política de retoma do setor pós COVID-19.

As metas a alcançar em 2023 prendem-se, entre outros, com o incremento de 50% de empreendimentos turísticos com sistemas de eficiência energética, água e gestão de resíduos e a eliminação de plástico de uso único em 50% de empreendimentos turísticos de 4 e 5 estrelas.

Ainda no âmbito do Plano Turismo + Sustentável 20-23, o Turismo de Portugal celebrou um protocolo com o Fundo Ambiental para incrementar as competências dos profissionais do setor do turismo, alavancar iniciativas e dinâmicas já existentes, dar visibilidade a boas práticas e inspirar todos a fazer melhor, para alcançar melhores resultados em termos de receitas, da satisfação dos turistas e da preservação do nosso planeta.

Para tal, está disponível um financiamento de 200 mil euros, financiável a 100% pelo Fundo Ambiental, e um prazo de realização até 31 de dezembro de 2020. As ações abrangidas por este protocolo são:

– Reeducar para uma restauração circular e sustentável;

– As práticas da economia circular nos destinos turísticos do litoral;

– Neutralidade carbónica nos empreendimentos Turísticos;

– Construção sustentável em empreendimentos turísticos;

– Eficiência hídrica nos campos de golfe em Portugal;

– Redução do plástico na hotelaria (turismo sem plástico).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

As negociações entre a Ucrânia e a Rússia foram adiadas para esta quinta-feira, 03 de março.  A delegação ucraniana está…
Portugal agradece à Roménia apoio no repatriamento de portugueses e ucranianos

Portugal agradece à Roménia apoio no repatriamento de portugueses e ucranianos

O primeiro-ministro português, António Costa, manifestou publicamente ao Presidente da Roménia, Klaus Iohannis, a sua gratidão pelo apoio prestado na…
Guiné-Bissau: PGR quer vigilância acrescida a pessoas com enriquecimento anormal

Guiné-Bissau: PGR quer vigilância acrescida a pessoas com enriquecimento anormal

O Procurador-geral da República (PGR) pediu aos magistrados para estarem atentos às pessoas que procuram vias fáceis para enriquecer, às…
Moçambique: Oposição critica "silêncio" do Governo sobre invasão à Ucrânia

Moçambique: Oposição critica "silêncio" do Governo sobre invasão à Ucrânia

A Renamo e o MDM, partidos moçambicanos da oposição, condenam a invasão da Rússia à Ucrânia. Ambos criticam o “silêncio”…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin