Polícia Marítima interceta embarcação ilegal no Algarve

A polícia marítima intercetou, na madrugada desta quarta-feira, uma embarcação com imigrantes ilegais, frente à Barra do Lavajo, entre as ilhas da Armona e da Culatra, no Algarve. Segundo o comandante da Polícia Marítima de Olhão, André Morais, citado pela agência Lusa, a embarcação transportava 11 homens, com idades compreendidas entre os 21 e os 30 anos, “provavelmente vindos do Norte de África”.

Segundo André Morais, três dos 11 homens foram transportados para o Hospital de Faro, “para despistar eventuais problemas de saúde”, devido aos sintomas que apresentavam.

A viagem foi feita numa embarcação de reduzida dimensão, do tipo ´boca aberta`, de madeira e motor fora de bordo, onde foram encontrados impermeáveis, combustível e restos de alimentos, essencialmente grão.

Os homens, vindos de El Jadida, em Marrocos, foram entregues ao Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

BAD prevê crescimento de 3,4% na economia de Timor-Leste

BAD prevê crescimento de 3,4% na economia de Timor-Leste

O Banco Asiático de Desenvolvimento (BAD) divulgou um relatório onde é previsto um crescimento de 3,4% na economia timorense. Esta…
Cabo Verde: Primeiro-Ministro anuncia investimento de mais de um milhão no turismo

Cabo Verde: Primeiro-Ministro anuncia investimento de mais de um milhão no turismo

O primeiro-ministro de Cabo Verde, Ulisses Correia e Silva, anunciou que o Governo vai disponibilizar 1.800.000 contos para o setor…
Banco Mundial estima crescimento económico de 2,8% para Angola

Banco Mundial estima crescimento económico de 2,8% para Angola

O Banco Mundial considera que a economia angolana pode crescer 2,8% em 2024, após ter subido 0,8% em 2023, através…
Portugal: Primeiro-ministro aprova Palestina como membro pleno da ONU

Portugal: Primeiro-ministro aprova Palestina como membro pleno da ONU

O primeiro-ministro de Portugal, Luís Montenegro, afirmou que vê “com bons olhos” o facto de a Palestina vir a adquirir…