Nacional | Politíca

Eleições Madeira: PSD vence sem maioria absoluta

O PSD venceu as eleições legislativas regionais da Madeira sem maioria absoluta, o que não acontecia há mais de 40 anos. Enquanto O PS sozinho mais do que triplicou os votos que teve em coligação em 2015, os sociais-democratas precisarão do CDS para formar governo. A CDU perdeu um deputado e o BE deixa de ter lugar no parlamento madeirense.

A totalidade dos votos contados em todas as 54 freguesias da Região Autónoma, o PSD obteve 39,42% dos votos, o equivalente a 21 deputados, menos três do que os 24 necessários para a maioria absoluta no Parlamento da Madeira. Em 2015 o PSD tinha elegido 24 deputados, tendo conseguido 44,35% dos votos.

O PS mais do que triplicou os votos para 35,76%, e a eleição de 19 deputados, quando em 2015 tinha elegido apenas cinco.

O CDS passou para terceiro partido mais votado (em 2015 tinha sido o segundo), com 5,76% dos votos e menos quatro deputados, passando para três. O Juntos Pelo Povo (JPP), também baixou elegendo apenas três deputados, quando em 2015 tinha conseguido 5.

A CDU (PCP/PEV) baicou de 2 deputados para 1, com 1,8% dos votos, e o Bloco de Esquerda, que em 2015 também tinha elegido dois deputados perdeu a representatividade no parlamento madeirense.

 

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo