Nacional

Portugal faz esforços para repatriamento de cidadãos nacionais

(C) e-Global

Portugal pediu apoio à União Europeia para o repatriamento de portugueses que estão no Perú. O pedido formalizado por Portugal ao Mecanismo Europeu de Proteção Civil refere um voo da TAP com capacidade para transportar 298 passageiros, que para além de portugueses irá repatriar cidadãos de outras 17 nacionalidades.

Centenas de milhares de cidadãos europeus encontram-se retidos em países estrangeiros devido ao cancelamento de voos ou à suspensão das  linhas aéreas, no âmbito de medidas que vários países adotaram para a contenção da propagação do coronavírus, incluindo Portugal. O governo português recorda que há vários países em situação critica e por isso são necessários esforços de colaboração entre as várias entidades para suprir a capacidade de entreajuda que pode estar afetada.

É neste quadro de colaboração que as autoridades nacionais em conjunto com várias embaixadas, operacionalizaram ontem a realização de mais um voo para repatriar cidadãos do navio cruzeiro MSC Fantasia que atracou no passado domingo no Porto de Lisboa vindo do Brasil com 1338 passageiros. O voo que partiu do Aeroporto de Lisboa com destino a Marselha transportou 152 pessoas, das quais 62 eram elementos da tripulação.

Na terça feira já tinham desembarcado 1015 passageiros que seguiram ao longo do dia em quatro voos, dois para a Alemanha, um para o Brasil e outro para o Reino Unido. A maioria dos passageiros deste navio são oriundos de países da União Europeia, Reino Unido, Brasil e Austrália.

A pandemia do Covid-19 já infetou mais de 400 000 mil pessoas em todo o mundo e causou a morte a de 18 440 pessoas. Portugal com 2995 casos confirmados entrou ontem em fase de mitigação.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo