Portugal vai enviar 160 militares para a República Centro Africana

O ministro da Defesa Nacional, José Azeredo Lopes, reuniu-se em Paris com o seu homólogo francês, Jean-Yves Le Drian, na última terça feira, para debater a presença de forças portuguesas na República Centro Africana (depois do pedido de ajuda formulado pelas autoridades francesas ao abrigo do artigo 42/7 do Tratado de Lisboa), a cooperação marítima no Golfo da Guiné e a questão líbia.

Em declarações ao jornalistas, no final do encontro, Azeredo Lopes a anunciou que “Portugal vai participar na MINUSCA [missão das Nações Unidas na República Centro Africana] com 160 homens das forças especiais”.

Quanto à segurança marítima no Golfo da Guiné, o Ministro da Defesa Nacional divulgou o reforço dos meios militares na região em cooperação estreita com São Tomé e Príncipe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Moçambique: Nyusi diz que SADC respeita soberania do país

Moçambique: Nyusi diz que SADC respeita soberania do país

O chefe de Estado de Moçambique, Filipe Nyusi, reafirmou que a Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC, na sigla…
Angola: Costa Júnior aberto a diálogo com João Lourenço

Angola: Costa Júnior aberto a diálogo com João Lourenço

O líder da UNITA, Adalberto Costa Júnior, afirmou que estava pronto para encontrar-se com o Presidente da República, João Lourenço,…
Portugal auxilia Timor-Leste nas cheias com mais 125 mil euros

Portugal auxilia Timor-Leste nas cheias com mais 125 mil euros

A ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Timor-Leste, Adaljiza Magno, declarou que o Governo português vai apoiar o país…
Revista de Imprensa Lusófona de 13 de julho de 2021

Revista de Imprensa Lusófona de 13 de julho de 2021

A “Agência Brasil” informa que o Presidente “Bolsonaro manifesta solidariedade ao povo cubano”. O jornal “O Globo” tem em manchete…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin