Nacional | Sociedade

Programa Regressar do IEFP concede 6.500 euros aos emigrantes que regressem a Portugal

O Programa Regressar, aprovado pelo Governo português em março, com o apoio do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), poderá conceder aos emigrantes ou luso-descendentes que queiram voltar a Portugal 6.500 euros, revelou a edição do Público desta terça-feira.

O Programa Regressar é um pacote de incentivos que inclui um conjunto de apoios pagos diretamente aos emigrantes que iniciem a atividade laboral em Portugal continental, assim como a comparticipação das despesas da viagem e do transporte dos seus bens.

A medida destina-se a emigrantes e luso-descendentes que tenham saído de Portugal até 31 de dezembro de 2015, que viveram fora pelo menos 12 meses e que iniciem a atividade laboral em Portugal continental entre 1 de janeiro de 2019 e 31 de dezembro de 2020, mediante a celebração de um contrato de trabalho por conta de outrem. O regresso terá de ter sempre subjacente um contrato de trabalho.

O programa terá início no próximo mês de julho.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo