Nacional | Sociedade

Recrutamento de 1000 técnicos superiores para a Administração Pública

Cerca de 16000 candidatos realizam provas de conhecimentos, gerais e específicas, nos dias 18 e 20 de janeiro, nas cidades de Porto, Lisboa e Évora, no âmbito do processo de recrutamento centralizado para a contratação de 1.000 técnicos superiores, numa operação de dimensão inédita na Administração Pública.

Os candidatos foram convocados por e-mail na passada sexta-feira (dia 10) e, tendo-se detetado que algumas convocatórias continham lapsos nas datas indicadas, a retificação das mesmas já seguiu durante a noite e a madrugada de domingo para segunda-feira. Este lapso, já resolvido durante o fim de semana, não tem qualquer impacto no desenvolvimento do procedimento de recrutamento centralizado nem no calendário previamente definido.

Esta é a primeira vez que o Estado realiza um processo de recrutamento centralizado desta dimensão, pelo número de pessoas envolvidas, de diferentes perfis, o que implica uma operação de grande complexidade, com várias provas que se irão realizar simultaneamente em Lisboa, Porto e Évora.

Dos 18000 candidatos iniciais, cerca de 16000 farão a Prova de Conhecimentos Gerais no dia 18 de janeiro de manhã. As diferentes provas específicas (Planeamento, controlo e avaliação; Jurídica; Económico-Financeira; Ciência Política e Relações Internacionais, e Estatística) vão realizar-se no dia 18 à tarde e no dia 20.

Destes, serão selecionados cerca de 3000 candidatos que farão a prova de aptidão psicológica, sendo finalmente selecionados as 1000 pessoas que constituirão a reserva de recrutamento, que depois permitirá dotar rapidamente os serviços onde sejam identificadas necessidades de técnicos superiores.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo