Nacional | Sociedade

Registados quase mil casos de violência contra profissionais de saúde em nove meses

Entre janeiro e setembro de 2019 foram registados 995 casos de violência contra profissionais de saúde, mais do que durante todo o ano de 2018, segundo dados da Direção-Geral de Saúde (DGS).

De acordo com os registos da instituição, em 2018 foram reportados 953 casos, sendo que as injúrias são o principal tipo de notificação, representando quase 80 por cento dos casos.

A ministra da Saúde, Marta Temido, e o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, vão reunir-se esta terça-feira no Ministério da Administração Interna para “analisar os episódios recentes e estudar novas medidas para garantir a melhoria da segurança de todos os profissionais que trabalham nas unidades de saúde”.

Para os dois ministérios, “os casos de violência contra os profissionais de saúde no local de trabalho são sempre atos condenáveis e motivo de grande preocupação”.

A Ordem dos Médicos e a Federação Nacional dos Médicos acusou o Ministério da Saúde exigiram uma intervenção urgente do Ministério da Saúde, do Ministério Público e de outras entidades.

Também o Sindicato Independente dos Médicos lamentou os casos de agressão e instou a ministra Marta Temido a criar condições de segurança de modo a diminuírem o número de casos.

 

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo