Nacional | Sociedade

Ryanair vai fechar base de Faro em Portugal em 2020

A Ryanair decidiu fechar a sua base no Aeroporto Internacional de Faro a partir do ano que vem, com a perda de pelo menos 120 empregos, disse o sindicato de tripulantes, SNPVAC, que convocou uma greve entre 21 e 25 de agosto.

A companhia aérea justificou ao sindicato que a decisão de fechar a base, que opera 10 aeronaves no verão, foi parte de cortes planeados na semana passada devido ao impacto da saída do Reino Unido da União Europeia, o aumento do preço dos combustíveis e o atraso na entrega dos aviões Boeing 737, disse o diretor do SNPVAC, Fernando Gandra.

O timing “parece pelo menos estranho, uma vez que ocorre poucos dias depois de termos convocado uma greve em Portugal e, como a empresa diz ao pessoal, o número de passageiros subiu 9% em julho face ao ano anterior”, disse Gandra.

“Estamos a estudar o assunto e recolhendo dados para ver se isso pode ser uma retaliação à greve”, avançou Gandra.

Um porta-voz da Ryanair contatado pela Reuters não confirmou ou negou o encerramente, mas disse, como anunciado anteriormente, que “várias bases da Ryanair serão cortadas ou fechadas neste inverno” principalmente devido à entrega atrasada de até 30 aeronaves Boeing 737 MAX.

O sindicato SNPVAC anunciou a 01 de agosto que os seus membros entrariam em greve por cinco dias a partir de 21 de agosto, depois de a Ryanair ter recusado cumprir um protocolo assinado em novembro passado, que incluiu pagamento de férias, 22 dias de férias por ano e total cumprimento com a lei parental portuguesa.

Um dia antes, o executivo-chefe da Ryanair, Michael O’Leary, disse à equipa, numa mensagem em vídeo, que a empresa tinha mais 500 pilotos e mais 400 tripulantes do que o necessário, e que as perdas de emprego seriam anunciadas nas próximas semanas.

A Ryanair opera atualmente cerca de 2.400 vôos diários a partir de 87 bases.

Temas: Nacional | Economia | Sociedade | Aviação | Greve | Ryanair

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo