Governo português lança programa que quer capacitar 1 milhão de portugueses para o digital até 2023

Foi lançado ontem o Programa EUSOUDIGITAL, uma iniciativa que visa promover a literacia digital de 1 milhão de adultos em Portugal até ao final de 2023. O programa abrangerá uma rede nacional de milhares de voluntários, apoiados em mais de 1.500 espaços em todo o país.

O Ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, no encerramento do evento, salientou a concretização desta medida emblemática do Plano de Ação para a Transição Digital e o impacto que terá na economia e na capacitação digital de 10% da população portuguesa.

“Este é um programa essencial para o nosso futuro coletivo, que nos permite dizer que as tecnologias digitais nos vão ajudar a construir um País mais próspero, mais produtivo e eficiente, e, ao mesmo tempo, garantir que não deixamos ninguém para trás”, afirmou.

Esta iniciativa irá apoiar adultos que nunca utilizaram a internet, através de ações de capacitação digital desenvolvidas por voluntários no contexto familiar ou em locais de proximidade na comunidade, como Juntas de Freguesia, escolas, lares, entre outros, criando uma geração de novos digitais. Mais do que ligar as pessoas através da internet, este Programa de âmbito nacional pretende combater o isolamento e tornar mais fácil o dia a dia dos portugueses.

O Programa visa contribuir para alterar o panorama digital em Portugal: em 2020, a percentagem da população que nunca utilizou a internet chegava aos 18%. O objetivo é colocar este indicador abaixo dos 10%, até ao final de 2023, tornando Portugal mais avançado, inclusivo e participativo.

Qualquer adulto pode inscrever-se como aluno e agendar a sua sessão de capacitação digital, onde irá aprender a pesquisar e navegar na internet, criar uma identidade digital, uma conta pessoal numa rede social ou usar o correio eletrónico, de forma simples e gratuita.

Também Municípios, Juntas de Freguesia, instituições de Ensino, associações, empresas e qualquer tipo de organizações privadas, podem aderir ao Programa, disponibilizando os seus espaços para acolher um Centro EUSOUDIGITAL, numa rede de parceiros unidos com o mesmo propósito: levar a internet a mais de um milhão de adultos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Angola: Governo gasta milhões de kwanzas na compra de apartamentos para juízes

Angola: Governo gasta milhões de kwanzas na compra de apartamentos para juízes

O Governo angolano pagou oito mil milhões de kwanzas (mais de 10 milhões de de euros) pela compra de 54…
Timor-Leste: Parlamento Nacional retoma atividades

Timor-Leste: Parlamento Nacional retoma atividades

O Parlamento timorense retomou as atividades nesta quarta-feira, 15 de dezembro, depois do recesso de mais de um mês. Deu-se…
Revista de Imprensa Lusófona de 15 de setembro de 2021

Revista de Imprensa Lusófona de 15 de setembro de 2021

Em Portugal o “Público” destaca o título “Autárquicas 2021: Mais de 80% dos presidentes de câmara recandidatam-se, metade entra no…
Noruega abre duas novas áreas offshore para captura e armazenamento de carbono

Noruega abre duas novas áreas offshore para captura e armazenamento de carbono

O governo norueguês lançou duas novas áreas para injeção e armazenamento de dióxido de carbono na plataforma continental norueguesa. O…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin