Informações Úteis | Sociedade

Máscaras com certificação falsa à venda

O diretor-geral do CITEVE, Braz Costa, declarou esta quarta-feira ao Jornal de Notícias que a empresa ainda não certificou máscaras reutilizáveis mais de cinco vezes.

Não há nenhuma máscara certificada que resista a 25 lavagens, muito menos a 50 e ainda menos a 90”, garantiu Braz Costa, diretor-geral do Citeve, citado pelo Jornal de Notícias, indicando que ainda não certificou máscaras que sejam reutilizáveis mais de cinco vezes.

Nos motores de busca e no Facebook multiplicam-se os vendedores que asseguram estar certificados pelo centro tecnológico têxtil, o único com protocolo com o Infarmed e Direção-Geral de Saúde (DGS) para certificar, ou que vendem máscaras reutilizáveis várias vezes.

A DGS e o Infarmed têm vindo a explicar que as máscaras de nível 3, indicadas para a população em geral, têm de reter 70 por cento das partículas e as de nível 2, para profissionais de venda ao público, têm de reter um mínimo de 90 por cento, mesmo após as lavagens.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo