Nacional

TAP irá operar mais de 200 voos a partir de 1 de julho

A transportadora aérea portuguesa, TAP, irá retomar algumas das suas operações internacionais para Itália, Espanha e vários outros destinos a partir de 01 de julho, à medida que os bloqueios impostos para combater o coronavírus vão sendo gradualmente suspensos.

Um plano publicado na segunda-feira no site da TAP mostra que cerca de 240 voos semanais ocorrerão entre 1 e 31 de julho, incluindo 14 voos por semana de Lisboa para Milão e Roma, além de Barcelona e Madrid.

A companhia aérea, que em condições normais opera cerca de 2.500 voos semanais, atualmente opera dois voos por semana de Lisboa para Londres e Paris, mas aumentará a frequência dessas rotas em julho e adicionará voos para Bruxelas, Berlim, Amesterdão e outras cidades Europa. Dois voos por semana de Lisboa para Nova Iorque começarão na próxima segunda-feira, e, em julho, também voará para Boston, Miami e Toronto.

Estão previstos mais voos para o Brasil, o segundo maior epicentro de coronavírus do mundo, atrás dos Estados Unidos.

No mês passado, a TAP, que foi parcialmente privatizada em 2015, pediu um empréstimo, garantido pelo Estado, para ajudar a sobreviver à crise.

O primeiro-ministro António Costa levantou a possibilidade de renacionalizar a TAP e, no início deste mês, o secretário do Tesouro, Álvaro Novo, disse que o governo espera tomar uma decisão sobre a injeção de capital até meados de junho.

 

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo