Angola | Nacional

Universidade de Coimbra vai dar formação a magistrados angolanos

A Universidade de Coimbra (UC) anunciou que vai dar formação a magistrados e licenciados em direito afetos à Procuradoria-Geral da República de Angola, no âmbito de um acordo entre as duas instituições.

O protocolo celebrado entre o reitor Amílcar Falcão, em nome da UC, e o procurador-geral Hélder Fernando Pitta Gróz, em representação da Procuradoria-Geral da República (PGR) de Angola tem “o objetivo fundamental de promover e aprofundar a cooperação académica, científica e cultural entre ambas as instituições”.

André de Brito, diretor do Gabinete de Intercâmbio e Cooperação Internacional da PGR de Angola, refere que “a Universidade de Coimbra, a mais prestigiada universidade de língua portuguesa”, desenvolverá, no âmbito do acordo, “ações de formação de magistrados e licenciados em direito afetos à Procuradoria-Geral da República” angolana.

Para além da formação a Universidade de Coimbra desenvolverá também “outras atividades consideradas de interesse mútuo e que visem a formação de técnicos altamente qualificados que possam responder, no âmbito das competências adquiridas, aos desafios que se colocam ao setor judiciário angolano”, acrescenta André Brito.

“Mais do que o relevo financeiro que terá”, este protocolo representa “um passo de consolidação do prestígio da UC no mundo lusófono”, sustenta o vice-reitor da Universidade de Coimbra, João Nuno Calvão da Silva.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo