Lusofonia | Notícias

Revista de Imprensa Lusófona de 02 de dezembro de 2020

capa da Revista de Imprensa Lusófona

Na Guiné-Bissau o “Governo guineense aprova nova orgânica que introduz figura do vice-primeiro-ministro”, avança “O Democrata”. A “ANG” escreve que a “Guiné-Bissau prevê bom ano agrícola para 2020”.

Na “Carta de Moçambique” lê-se “Ataques em Cabo Delgado:Governo quer construir cerca de 100 novas aldeias para deslocados”. A “Folha de Maputo” refere que o “FMI [Fundo Monetário Internacional] prevê contracção da economia moçambicana de 0,5% este ano”.

Em Cabo Verde o “Santiago Magazine” tem em manchete “UCID exige instalação dos vereadores de São Vicente, passados 13 dias sobre o empossamento”. Já “A Nação” informa que o “Governo ultima proposta de Lei de novo ‘layoff’ para 2021”.

Sobre São Tomé e Príncipe (STP), a “Téla Nón” noticia que o “Governo de STP desvenda o negócio dos Catamarans e das lanchas rápidas”. A “STP-Press” publica “Covid-19: São Tomé e Príncipe regista 5 casos novos e total sobe para 996”.

Em Portugal o “Diário de Notícias” divulga que o autarca “Carlos Carreiras revela que Marcelo anunciará recandidatura em Cascais”. Segundo o “Expresso”, Diretora-Geral da Saúde “Graça Freitas infetada com Covid-19”.

“UNITA defende registo eleitoral independente”, de acordo com o “Portal de Angola”. A “Folha 8” menciona que “UNITA sonha, MPLA ganha e os angolanos sofrem”.

No Brasil “O Globo” destaca que os “Partidos de centro e esquerda assinam carta contra reeleição no Congresso”. No “Estadão” pode ler-se que “Nova falha na Saúde expõe dados de mais de 200 milhões”.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo