Revista de Imprensa Lusófona de 02 de março de 2023

Em São Tomé e Príncipe a “STP-Press” destaca que o “Governo quer que os cursos feitos no país tenham validade internacional”. O “Jornal Tropical” publica “Reformas em curso e acordos internacionais facilitarão acordos com FMI”. 

Sobre Angola a “Angop” escreve que o “PR descarta crise institucional no país”. Segundo o “Correio da Kianda”, a “Suíça garante devolução do dinheiro depositado ilicitamente naquele país”. 

Na “Inforpress”, agência de notícias de Cabo Verde, lê-se “PAICV nega acusações do MpD e acusa Governo de boicotar a Câmara Municipal da Praia”. O “Expresso das Ilhas” refere “Governo quer Santo Antão como “referência” no ecoturismo e turismo rural”. 

Quanto a Timor-Leste, o “Sapo Notícias” partilha que as “Bancadas do Governo timorense ameaçam oposição com perda de mandato”. O partido CNRT pode estar em risco, no âmbito da polémica sobre a eleição do novo comissário anticorrupção. 

“PS quer creches gratuitas nas câmaras e nas universidades públicas”, noticia o “Público” em Portugal. De acordo com o “Diário de Notícias”, a “Crise inflacionista congela mercado de trabalho”. 

Na Guiné-Bissau a “ANG” cita o primeiro-ministro, Nuno Nabiam, que afirma que os “Países frágeis como a Guiné-Bissau deparam-se com problemas de gestão dos recursos públicos”. Já “O Democrata” menciona que o presidente interino do PRS “Fernando Dias afirma que o PRS é o partido que revolucionou a democracia na Guiné-Bissau”. 

A “Agência Brasil” avança que o “Grupo de trabalho da reforma tributária espera aprovar PEC até junho”. O jornal “O Globo” tem em destaque o título “Kalil se isola no PSD após derrota nas eleições e vê Zema atrair antigos aliados”. 

A “Carta de Moçambique” divulga “Terrorismo em Cabo Delgado: Extremistas mataram 1127 pessoas em 384 ataques em 2021 – relatório do Departamento de Estado dos EUA”. Em “O País” pode ler-se “Frelimo oficializa gabinetes de preparação de eleições”.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Angola: TAAG vai receber cinco aviões novos até ao final de 2024

Angola: TAAG vai receber cinco aviões novos até ao final de 2024

A companhia TAAG Linhas Áreas de Angola vai receber cinco novos aviões até ao final de 2024.   Estas novas…
Brasil: Escritor português integra festival literário brasileiro que aposta na “equidade”

Brasil: Escritor português integra festival literário brasileiro que aposta na “equidade”

O Festival Literário Internacional de Araxá (Fliaraxá), que terá lugar entre os dias 19 e 23 de junho, no município…
Cabo Verde: Preço dos combustíveis baixam 6 % em junho

Cabo Verde: Preço dos combustíveis baixam 6 % em junho

A Autoridade Reguladora Multissectorial da Economia (ARME) divulgou que os preços máximos dos combustíveis ficaram mais baratos em média 6%…
Moçambique quer angariar USD 80 mil milhões para transição energética

Moçambique quer angariar USD 80 mil milhões para transição energética

Moçambique está a tentar mobilizar 80 mil milhões de dólares americanos para pôr em prática a estratégia de transição energética…