capa da Revista de Imprensa Lusófona

Revista de Imprensa Lusófona de 02 de setembro de 2020

Em Portugal o “Atual secretário de Estado é o candidato do PS para a CCDR [comissão de coordenação de desenvolvimento regional] Algarve”, de acordo com o “Expresso”. O “Observador” noticia que “Ventura formaliza recandidatura para colocar Chega no ‘pódio’ dos partidos em Portugal”.

Em Timor-Leste o site “Timor Agora” partilha que as “Bancadas do Governo timorense consideram ‘subversiva’ ação de contestação a PR [Presidente da República]”. O “Sapo Notícias” divulga que o “Presidente da República veta lei de proteção civil preocupado com eventuais restrições de direitos”.

“Autárquicas 2020: MpD aprova dez mulheres como candidatas a presidentes de assembleias municipais”, lê-se na “Inforpress”, agência de notícias de Cabo Verde. O “Expresso das Ilhas” publica “Governo recua. Uso de máscaras na via pública estipulado como dever cívico”.

No Brasil o “Estadão” refere que a “Reforma administrativa de Bolsonaro poupa os servidores já em atividade”. No jornal “O Globo” é mencionado que o “TSE [Tribunal Superior Eleitoral] libera candidatura de fichas sujas que estariam impedidos de disputar eleições deste ano”.

Sobre a Guiné-Bissau “O Democrata” escreve “ONU [Organização das Nações Unidas] admite imposição de sanções a civis na Guiné-Bissau”. Segundo a “ANG”, a “Auditoria revela desaparecimento de cerca 19 mil milhões de franco CFA em 3 anos nas instituições do Estado”.

A “Carta de Moçambique” informa “Governo ainda longe de aprovar lei que permita maior participação de moçambicanos em megaprojetos”. O Presidente da República “Filipe Nyusi responde aos críticos sobre a guerra no Centro e Norte”, pode ler-se no jornal “O País”.

“UNITA, em Benguela, pondera responsabilizar judicialmente dirigentes do MPLA”, indica “O País” em Angola. “MPLA nega interferência no TC [Tribunal Constitucional] e considera ‘infundadas’ acusações de Chivukuvuku”, publica “O País”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Brasil: Guerra leva o país a escolher produzir fertilizantes em terras indígenas ou comprar do Irão 

Brasil: Guerra leva o país a escolher produzir fertilizantes em terras indígenas ou comprar do Irão 

A ministra da Agricultura do Brasil Tereza Cristina anunciou que vai apresentar um plano nacional para produção de fertilizantes no…
Moçambique: exoneração de Membros do Governo

Moçambique: exoneração de Membros do Governo

O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, no uso das competências que lhe são conferidas pela alínea a) do número…
Brasil não assina adesão à ação de 39 países contra o governo de Vladimir Putin 

Brasil não assina adesão à ação de 39 países contra o governo de Vladimir Putin 

O governo brasileiro não aderiu a uma ação de 39 países que solicitaram a abertura de investigações formais contra o…
Brasil vota nas Nações Unidas pela imediata retirada das tropas russas da Ucrânia 

Brasil vota nas Nações Unidas pela imediata retirada das tropas russas da Ucrânia 

A despeito da posição “neutra” declarada pelo presidente Jair Bolsonaro, o Brasil votou nesta quarta-feira (2) pela imediata retirada das…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin