capa da Revista de Imprensa Lusófona

Revista de Imprensa Lusófona de 04 de janeiro de 2022

Na Guiné-Bissau a “ANG” divulga temas como “China promete doar mais 300 mil doses de vacina a Guiné-Bissau” e “‘O país carece de uma liderança lúcida e esclarecida’, diz Domingos Simões Pereira [líder do PAIGC]”. 

A “Carta de Moçambique” noticia “Ataques em Cabo Delgado: Rebeldes matam cinco pessoas em Macomia”. Já “O País” partilha “A visão de Chissano sobre como governar o país em 2022”.

A “Inforpress”, agência de notícias de Cabo Verde, refere “São Vicente: João Santos Luís disponível para se candidatar à liderança da UCID”. O “Santiago Magazine” realça “Parlamento: Debate com vice-primeiro-ministro marca primeira sessão parlamentar de 2022”.

Em Portugal o “Público” escreve “Eleições legislativas 2022: PS acusa Rio de ceder ao populismo por ‘negociar em direto’ com André Ventura”. O “Observador” cita o líder do CDS-PP, Francisco Rodrigues dos Santos, que afirma que “Tudo o que seja reduzir deputados não será satisfatório. CDS não vai ter só um deputado”.

O “Jornal de Angola” publica que o “Recenseamento militar arranca em todo o país”. De acordo com a “Angop”, o “MPLA manifesta apoio ao Executivo pela protecção de nacionalistas”.

No Brasil o “Estadão” destaca o título “Disputa por benefícios fiscais vira briga entre setores e governo”. No jornal “O Globo” pode ler-se que o Presidente “Bolsonaro triplica viagens ao Nordeste, mas analistas veem ‘desdém’ por falta de visita a cidades atingidas por enchente”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin