capa da Revista de Imprensa Lusófona

Revista de Imprensa Lusófona de 07 de outubro de 2021

“Economia: Colaboração banca/justiça em debate em Bissau” e “Unicef: Nova representante reitera continuidade de apoio da organização à Guiné-Bissau” são dois assuntos divulgados pela “ANG” na Guiné-Bissau

“TL [Timor-Leste] apresentará relatório de progressos e desafios da situação dos direitos humanos no país” e “MAP [Ministério da Agricultura e Pescas] garante produção agrícola suficiente para subsídio dos funcionários do Estado”, lê-se na “Tatoli”. 

O portal do Governo de Moçambique refere que o “Primeiro-Ministro diz que o Plano de Reconstrução de Cabo Delgado põe fim a dispersão de acções”. Segundo a “Folha de Maputo”, a “Polícia Brasileira apreende cocaína num navio destinado a Moçambique”. 

A “Inforpress”, agência de notícias de Cabo Verde, escreve “Presidenciais 2021: JMN [José Maria Neves] promete mobilizar toda a competência da diáspora para colocá-la ao serviço de Cabo Verde”. Já “A Nação” publica “Presidenciais: Carlos Veiga diz-se ‘amigo’ da Boa Vista e promete influenciar o seu desenvolvimento caso seja eleito”. 

Sobre São Tomé e Príncipe o “Jornal Transparência” noticia “Programa Alimentar Mundial apoia 25 mil crianças durante a pandemia em São Tomé e Príncipe”. De acordo com a “STP-Press”, o “Procurador recebido por PR [Presidente da República] revela casos de falsificação de documentos a serem submetidos ao Tribunal”. 

Em Portugal o “Público” informa “Orçamento do Estado 2022: Mais optimista com o crescimento, Governo ganha margem no OE [Orçamento do Estado]”. Primeiro-ministro “[António] Costa no parlamento esta quinta-feira num debate já marcado pelo Orçamento”, menciona o “Observador”. 

Quanto a Angola, a “AngoNotícias” partilha que a “Frente Patriótica Unida não tem ainda plano de candidaturas para as eleições”. No “Club-K” os “Angolanos protestam em Lisboa: ‘João Lourenço, fora’”. 

No Brasil “O Globo” tem em manchete “Perspectiva de derrota no STF [Supremo Tribunal Federal] fez Bolsonaro mudar de posicionamento e aceitar prestar depoimento presencial à PF [Polícia Federal]”. A “Folha de S.Paulo” tem em destaque “Ministro da CGU [Controladoria-Geral da União] diz que venda de emendas está sob investigação e vê corrupção no ‘tratoraço’”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Angola: Militantes da UNITA financiados para prejudicar Costa Júnior

Angola: Militantes da UNITA financiados para prejudicar Costa Júnior

Os dez militantes da UNITA que solicitaram este ano ao Tribunal Constitucional de Angola a impugnação do XIII Congresso Ordinário do…
Timor-Leste: Governo não renova estado de emergência

Timor-Leste: Governo não renova estado de emergência

O Governo timorense informou que não vai renovar o estado de emergência contra a Covid-19. No entanto, aprovou medidas excecionais e…
Moçambique lança concurso de concessão de áreas de pesquisa e produção de hidrocarbonetos

Moçambique lança concurso de concessão de áreas de pesquisa e produção de hidrocarbonetos

O Instituto Nacional de Petróleo (INP) de Moçambique vai lançar nesta quinta-feira, 25 de novembro, em formato virtual, o 6.º Concurso de…
Moçambique: Ministra do Trabalho e Segurança Social indignada com subsídio de início de funções, no INSS

Moçambique: Ministra do Trabalho e Segurança Social indignada com subsídio de início de funções, no INSS

A ministra do Trabalho e Segurança Social convocou no passado dia 22 de novembro, o Conselho de Administração do Instituto…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin