Revista de Imprensa Lusófona de 09 de junho de 2020

capa da Revista de Imprensa Lusófona

capa da Revista de Imprensa Lusófona

Em Cabo Verde “A Nação” partilha “Polémica: Deputado Miguel Monteiro publicita empresa e cidadãos apontam questões éticas e legais”. Na “Inforpress” lê-se “Covid-19: MpD destaca medidas adoptadas pelo Governo na implementação do ‘lay-off’”.

O Portal do Governo de Timor-Leste menciona a “Reunião de coordenação da implementação dos projetos e programas do Governo”. Segundo a “Tatoli”, o “Governo timorense lança passaporte eletrónico em dez municípios”.

Na Guiné-Bissau a “ANG” avança que o “PAIGC reitera direito de liderar novo governo”.  Já “O Democrata” escreve que o “Líder da ANP adverte que dissolver o Parlamento abrirá outra crise ainda mais séria”.

“Rui Rio. ‘Não teria autorizado’ manifestação contra o racismo, nem teria ido ver espetáculo de Bruno Nogueira”, pode ler-se no “Observador”, em Portugal. O “Diário de Notícias” cita o secretário-geral da Organização das Nações Unidas, António Guterres, que afirma que “O mundo não está preparado para a atual crise”.

A “Carta de Moçambique” publica que foram “Raptadas mais três raparigas em Mocímboa da Praia”, zona localizada na província de Cabo Delgado. No país o “Número de casos de coronavírus sobe para 433 infetados”, indica a “AIM”.

No Brasil o jornal “O Globo” noticia que o ministro do Supremo Tribunal Federal “Celso de Mello autoriza mais 30 dias de prazo para conclusão do inquérito que apura se Bolsonaro interferiu na PF [Polícia Federal]”. A “Folha de S.Paulo” destaca que o ministro “[Alexandre de] Moraes manda governo Bolsonaro retomar divulgação de dados totais da Covid-19”.

“Covid-19: São Tomé e Príncipe sem qualquer caso positivo em 24 horas e com novas recuperações”, de acordo com a “STP-Press”, agência de notícias de São Tomé e Príncipe. O “Jornal Transparência” informa que o “Projecto WACA distribui máscaras a população de Micoló na prevenção da COVID-19”.

O “Jornal de Angola” refere que foram “Gastos 43 mil milhões de Kwanzas no combate à Covid-19”. O “Angola 24 Horas” divulga que a “UNITA compara morte de cidadãos em Angola pela polícia com a de Floyd”.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

UE doa 50 milhões de euros à ONU para refugiados palestinianos

UE doa 50 milhões de euros à ONU para refugiados palestinianos

A União Europeia (UE) anunciou o envio da próxima parcela de 50 milhões de euros para a Agência das Nações…
Angola: Cinco bailarinos cabo-verdianos participam na Mostra de Artistas – PROCULTURA

Angola: Cinco bailarinos cabo-verdianos participam na Mostra de Artistas – PROCULTURA

Os bailarinos Mano Preto, Rosy Timas, Elisabete Fernandes, Djamilson Barreto e Djam Neguin estão selecionados para participar no “Concurso para…
Reino Unido vai reabrir embaixada em Timor-Leste

Reino Unido vai reabrir embaixada em Timor-Leste

A ministra de Estado do Reino Unido para o Indo-Pacífico, Anne Marie-Trevelyan, anunciou nesta sexta-feira, 01 de março, a reabertura…
Angola: Aprovada execução trimestral do OGE 2023 sem apoio da UNITA

Angola: Aprovada execução trimestral do OGE 2023 sem apoio da UNITA

O relatório de execução orçamental do terceiro trimestre de 2023 foi aprovado no Parlamento angolano através de maioria parlamentar. Os…