capa da Revista de Imprensa Lusófona

Revista de Imprensa Lusófona de 11 de fevereiro de 2022

Em Portugal o “Público” noticia “CDS entre as lutas internas e o virar de página”. O “Observador” cita o ex-líder da CGTP, Arménio Carlos, que afirma que “Substituição de Jerónimo de Sousa só ocorrerá em 2024”. 

A “Carta de Moçambique” avança “Seis terroristas abatidos pela Força Local de Nangade”. No portal do Governo lê-se “Presidente da República recebe homólogo do Zimbabwe”. 

Na Guiné-Bissau “O Democrata” cita o Presidente da República, Umaro Sissoco Embaló, que afirma “Custa-me acreditar que ainda haja pessoas com cultura de matar”. Segundo a “ANG”, um “Novo Fórum de Partidos Políticos e Movimentos apela a forças políticas da Nação para enveredarem pela via das urnas para alcançar o poder”. 

Sobre Angola a “Angop” escreve “Agenda Política do MPLA privilegia reformas do Estado”. O “Correio da Kianda” divulga “Recuperação de activos: Estado recuperou o equivalente a mais de 11 mil milhões de dólares”. 

A “STP-Press”, agência de notícias de São Tomé e Príncipe, refere “China disponível para reforçar cooperação com São Tomé e Príncipe na área militar”. De acordo com a “Téla Nón”, o “Presidente do STJ [Supremo Tribunal de Justiça] diz que o OGE [Orçamento Geral do Estado] 2022 não atende a reforma da Justiça”. 

No Brasil “O Globo” tem em destaque “Maioria do STF [Supremo Tribunal Federal] rejeita denúncia da PGR [Procuradoria-Geral da República] contra Arthur Lira em caso da Lava-Jato”. O portal de notícias “G1” menciona que a “PF [Polícia Federal] diz ao STF que milícia digital usa estrutura do ‘gabinete do ódio’”. 

Em Cabo Verde a “Inforpress” partilha “Praia: Eleitos do MpD e um do PAICV acusam Francisco Carvalho de gerir a autarquia num regime ‘presidencialista, ilegal e ditatorial’”. Já “A Semana” publica “Parlamento: PAICV quer que discurso de recuperação económica do Governo se traduza na prática”. 

“Lú Olo é candidato único da Fretilin às presidenciais” e “Presidente da República promulga Lei de Enquadramento Orçamental” são dois dos temas divulgados pela “Tatoli”, em Timor-Leste.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin