capa da Revista de Imprensa Lusófona

Revista de Imprensa Lusófona de 11 de outubro de 2021

A “Inforpress”, agência de notícias de Cabo Verde, publica “Presidenciais 2021: Fernando Delgado pede a confiança do eleitorado para lutar pela estabilidade nacional”. O “Expresso das Ilhas” refere que os “Candidatos intensificam ações de campanha a uma semana das eleições”. 

Em Portugal o “Público” escreve “Orçamento do Estado 2022: Governo acaba de vez com o pagamento especial por conta”. No “Diário de Notícias” lê-se “Orçamento chega à AR [Assembleia da República] com promessa de ‘desagravamento’ fiscal para a classe média”. 

No Brasil o “Estadão” tem em destaque “Ações sobre violação de direitos humanos triplicam na pandemia”. Segundo “O Globo”, a “CPI [Comissão Parlamentar de Inquérito] deve listar até homicídio entre os crimes imputados aos responsáveis pela Prevent”. 

A “Carta de Moçambique” informa que “PCA [Presidente do Conselho da Administração] das três empresas caloteiras diz que foi Nyusi quem indicou Credit Suisse”. De acordo com “O País”, o Presidente da República “Filipe Nyusi exige melhoria no desempenho dos administradores distritais”. 

Quanto a Angola, o “Club-K” noticia que o atual líder da UNITA “Isaías Samakuva diz que decisão do TC [Tribunal Constitucional] ‘é política, mas também histórica’”. Na “AngoNotícias” pode ler-se que os “Partidos tencionam criar clima de intimidação e insegurança”.

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin