Lusofonia | Notícias

Revista de Imprensa Lusófona de 13 de abril de 2020

capa da Revista de Imprensa Lusófona

“Prioridade à covid-19 põe em risco doentes não urgentes” tem em manchete o jornal “Público” em Portugal. “Profissionais da saúde são dos mais mal pagos da Europa”, tem na primeira página o “Jornal de Notícias”.

Em Angola “Covid-19 marca passo há 4 dias” escreve “O País”. “O presidente da Comissão da União Africana (UA), Moussa Faki Mahamat, endereçou sábado (11) uma mensagem ao novo ministro das Relações Exteriores de Angola, Téte António, exprimindo “calorosas e fraternas felicitações” e votos de sucessos no cargo”, difunde a agência de notícias estatal “Angop”.

A “STP-Press”, agência de notícias de São Tomé e Príncipe, destaca “Covid-19: Governo anuncia aulas à distância via TVS e Rádio Nacional”. O portal “Téla Nón” escreve que o navio português “’NRP Zaire’ presta auxílio a barcaça no porto de São Tomé”. A pedido da Guarda Costeira santomense,o ’NRP Zaire’ prestou apoio a uma barcaça que se encontrava em dificuldades durante transporte de contentores para o porto de São Tomé, precisa o portal.

Moçambique lança plataforma online para autoavaliação de risco de contágio” avança o “MMO Notícias”. A “Folha de Maputo” informa que “Sobe para 21 o número de casos positivos do novo Coronavírus”.

O portal “A Semana” tem em destaque que “Governo anuncia mais dois casos positivos em Cabo Verde” de Covid-19. A agência de notícias “Inforpress” escreve que “Autarcas do PAICV demarcam-se das declarações do presidente da ANMCV [Associação Nacional dos Municípios de Cabo Verde]” sobre as propostas da líder do PAICV para fazer face à pandemia de Covid-19.

“O Presidente da República, Úmaro Sissoco Embaló, enalteceu os esforços empreendidos pelo executivo através das medidas que considera decisivas no combate contra contágio e propagação do coronavírus (Covid-19) na Guiné-Bissau”, publica “O Democrata”. “Guiné-Bissau regista mais um caso e eleva para 39 o número de infectados por Coronavírus”, dá conta a Rádio Jovem.

“O Estado de S. Paulo” no Brasil destaca que “País tem alta de 2 mil mortes por problemas respiratórios”. “Resposta coletiva contra o Coronavírus: Empresas financiam fornecedores e sociedade cria rede de solidariedade”, tem em manchete “O Globo”.

Segundo o ministro da Saúde e Bem-estar da Guiné Equatorial, Salomón Nguema Owono, três novos casos de Covid-19 foram detectados em Malabo, divulga a página web institucional do país.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo