capa da Revista de Imprensa Lusófona

Revista de Imprensa Lusófona de 13 de janeiro de 2022

Em São Tomé e Príncipe (STP) a “Téla Nón” publica “Covid – STP está no topo de África em termos de contágio”. O “Jornal Tropical” refere que o “Primeiro-ministro são-tomense cancela presença na Expo Dubai 2020”. 

Sobre Timor-Leste a “Tatoli” indica que os “Trabalhadores timorenses na Austrália transferiram para país 26,5 milhões de dólares em sete anos”. O “Sapo Notícias” partilha que “Diplomata quer ser a ‘voz jovem’ na Presidência timorense”. 

O “Jornal de Angola” informa que o dirigente “Nimi A Simbi quer tornar FNLA em máquina política rumo ao poder”. O “Club-K” divulga que o Presidente “João Lourenço diz haver um plano macabro de ingovernabilidade em Angola”. 

Em Cabo Verde “A Semana” noticia que o “PR [Presidente da República] considera que imprensa não comete qualquer crime quando tem acesso aos dados e os publica”. Segundo a “Inforpress”, o “MpD garante que está em curso processo de impugnação das decisões da AM da Praia”. 

No Brasil “O Globo” tem em manchete “Bolsonaro volta a cobrar Anvisa após conflito com Barra Torres”. O “Estadão” destaca que o “Governo quer mudar Jovem Aprendiz e liberar vaga para quem não estuda”. 

A “Carta de Moçambique” escreve “Apoio humanitário da SADC a Moçambique: Malawi, Zimbabwe e África do Sul vão fornecer alimentos aos deslocados do terrorismo em Cabo Delgado”. De acordo com a “Folha de Maputo”, o “Prorrogação da missão militar da SADC vai custar 26 milhões de euros”. 

Quanto às eleições legislativas em Portugal, o “Expresso” avança “Sondagem ‘Jornal de Negócios’ e ‘Correio da Manhã’: PS à frente do PSD por 4,9 pontos percentuais. BE volta ao terceiro lugar”. No “Público” lê-se “Líder do CDS acusa Rio de ‘diletantismo apolítico’ e quer Portas na campanha”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin