Lusofonia | Notícias

Revista de Imprensa Lusófona de 13 de junho de 2019

Em Portugal o “Envelhecimento já está a travar o crescimento da economia” revela o “Público”. O jornal “i” informa que no quadro da “Operação Rota Final: Câmaras sob suspeita adjudicaram mais de 15 milhões a empresa de transportes em cinco anos”.

“PR [Presidente da República] quer mais eficiência no combate à corrupção” tem em destaque o “Jornal de Angola”. “O País” avança que “Mais de 130 autocarros parados em Benguela por falta de plano”.

O presidente do MDM [Movimento Democrata de Moçambique] formalizou candidatura no Conselho Constitucional em Moçambique, informa “O País” com o título “Daviz Simango tenta chegar à Ponta Vermelha pela 3ª vez”. Segundo o ministro dos Combatentes está “Concluído registo dos veteranos da luta de libertação nacional”, dá conta o “Notícias”.

Em São Tomé e Príncipe a companhia aérea “EuroAtlantic reuniu o conselho de administração para analisar o “caso” STP-Airways” publica o portal “Téla Nón”. A agência STP-Press informa que “O ministro são-tomense da Defesa, Óscar Sousa disse que o antigo primeiro-ministro Patrice Trovoada foi o “autor intelectual” do golpe de Estado de 2003, enquanto, o ex-procurador, Adelino Pereira considerou caso “encerrado” por ter sido amnistiado no parlamento”.

Governo da Guiné-Bissau atribuiu nacionalidade a dez mil refugiados, destaca o jornal “O Democrata”. A iniciativa, segundo o Director-Geral de Identificação Civil, Registo e Notariado, Helder Romano Vieira, visa cumprir o engajamento assumido pelas autoridades guineenses durante a conferência da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) em Abidjan, Costa de Marfim, em 2015, sobre a erradicação da apátrida, precisa o mesmo jornal.

“Câmara desidrata texto da Previdência e tira capitalização” tem em manchete a “Folha S. Paulo” no Brasil. “Ao lado de Bolsonaro, Moro é ovacionado em jogo do Flamengo” publica o portal “Estadão”.

Em Cabo Verde o portal “A Semana”, sobre a polémica do “Código de Ética e de Conduta da RTC [Radiotelevisão Cabo-verdiana] refere que “AJOC [Associação Sindical dos Jornalistas de Cabo Verde] ameaça recorrer ao tribunal e denunciar o caso a nível internacional”. A ameaça da AJOC surge após a administração da RTC ter recusado suspender o referido Código, apesar do parecer da Autoridade Reguladora para a Comunicação Social (ARC) que considerou que o Código de Ética e Conduta da RTC “viola direitos e garantias constitucionais e põe em causa as normas e os princípios constantes do Estatuto do Jornalista e do seu Código Deontológico”.

“Primeiro-Ministro [Taur Matan Ruak] vai ao parlamento para debater contas regionais e caso na justiça australiana” divulga o portal “Sapo Notícias” em Timor-Leste.

Teodoro Nguema Obiang Mangue, filho do presidente e vice-presidente da República, Encarregado da Defesa Nacional, participou nas comemorações do “Dia da Democracia” na Nigéria, informa a página web institucional da Guiné Equatorial.

© e-Global Notícias em Português
1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Revista de Imprensa Lusófona de 13 de junho de 2019 – Janbaaz

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo