capa da Revista de Imprensa Lusófona

Revista de Imprensa Lusófona de 13 de novembro de 2020

Em Angola o “Club-K” avança que há “Manifestantes raptados pela polícia sem sinal de vida”. A “Angop” escreve “Diretora da Saúde do Bengo suspensa”. 

“Parlamento: PAICV acusa Governo de abandonar mundo rural e falta de investimentos no sector da agricultura”, noticia “A Semana” sobre Cabo Verde“Parlamento: várias propostas de Lei na agenda da primeira sessão de Novembro”, refere “A Nação”. 

Na Guiné-Bissau o “PR [Presidente da República] recomenda fim das isenções nos processos de desalfandegamento”, segundo “O Democrata”. A diretora do centro de produção de documentos biométricos, Aurora Fernandes, criticou o facto de que os “Guineenses só tratam documentos em situações de urgência”, tendo sido citada pela “ANG”. 

Em Portugal o “Público” informa que o “Governo prepara propostas para garantir que PCP viabiliza Orçamento [do Estado para 2021]”. O “Expresso” publica “Covid-19. Semiconfinamento não travou o contágio nos concelhos que fecharam primeiro”. 

A “Carta de Moçambique” partilha que a “Renamo abandonou apreciação do Relatório sobre violação dos direitos humanos em Cabo Delgado, Manica e Sofala”. Já “O País” menciona que o secretário-geral da Frelimo “Roque Silva quer envolvimento de camaradas para o fim da violência armada no centro e norte”. 

No portal do Governo de Timor-Leste pode ler-se que o “Governo assina acordo de subvenção anual com a Conferência Episcopal Timorense”. A “Tatoli” indica que o “Executivo prevê receitas domésticas de 190,6 milhões de dólares para 2021”. 

A “STP-Press”, agência de notícias de São Tomé e Príncipe, divulga que a “Embaixadora de São Tomé e Príncipe na Guiné-Equatorial e Decano do Corpo Diplomático em Malabo discutem cooperação bilateral”. No “Jornal Transparência” lê-se que o “Primeiro-ministro são-tomense felicita Presidente de Angola” por ocasião da festa da proclamação da independência nacional daquele país, assinalada a 11 de novembro. 

No Brasil “O Globo” escreve que, “Às vésperas das eleições, site do TSE [Tribunal Superior Eleitoral] sofre instabilidade”. A “Folha de S.Paulo” destaca que “Debate em SP [São Paulo] tem confronto entre Boulos e Russomanno e dobradinhas contra Covas”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

UE sofre mais custos energéticos com sanções à Rússia

UE sofre mais custos energéticos com sanções à Rússia

A Comissão Europeia assumiu nesta quarta-feira, 02 de março, que as sanções da União Europeia (UE) à Rússia vão ter “custos…
EUA querem Rússia fora do Conselho dos Direitos Humanos

EUA querem Rússia fora do Conselho dos Direitos Humanos

Os Estados Unidos da América (EUA) sugerem que a Rússia seja excluída do Conselho dos Direitos Humanos. A proposta foi…
Rússia diz que guerra na Ucrânia não afeta relações com Moçambique

Rússia diz que guerra na Ucrânia não afeta relações com Moçambique

O ministro conselheiro da Rússia em Moçambique, Dimitri Sorokin, garantiu que a guerra na Ucrânia não afeta as relações de…
Descendente de ucranianos, empresário brasileiro lamenta o conflito e diz já sentir impacto nos negócios

Descendente de ucranianos, empresário brasileiro lamenta o conflito e diz já sentir impacto nos negócios

Igor Mazepa Baran tem 57 anos de idade e vive na cidade de Curitiba, no Brasil. É brasileiro com descendência…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin