capa da Revista de Imprensa Lusófona

Revista de Imprensa Lusófona de 13 de setembro de 2021

No Brasil a “Folha de S.Paulo” destaca que as “Lideranças da centro-esquerda planejam investida para atrair PT aos atos contra Bolsonaro”. O “Estadão” noticia que, “Com pandemia, cirurgias eletivas têm queda de 25,9% no 1º semestre do país”.

Sobre Angola o “Club-K” escreve que o “PR [Presidente da República] da Guiné Equatorial nomeia angolano como seu conselheiro”. A “AngoNotícias” refere que o líder da UNITA “Adalberto Costa Júnior diz que UNITA está preparada para ganhar eleições”.

Em Portugal o “Expresso” publica “Autárquicas: estudo revela que presidentes de câmara que se recandidatam têm 15 pontos de vantagem”. O secretário-geral do PCP “Jerónimo de Sousa diz esperar do PS ‘manobras’ para ‘condicionar e chantagear eleitores’.

Em São Tomé e Príncipe (STP) o “Jornal Transparência” menciona “A crise económica e social que a pandemia da covid-19 está a provocar”. Na “STP-Press” lê-se que o “Primeiro-ministro destaca papel primordial da Polícia Nacional no contexto do regime democrático em STP”.

Segundo o “Santiago Magazine”, publicação de Cabo Verde, o candidato presidencial “José Maria Neves quer que os emigrantes cabo-verdianos sejam vistos ‘além das remessas’”. Já “A Semana” informa “Caso da extradição de Alex Saab: Advogada FEMI FALANA contesta que o Presidente da República usou o seu cargo para ‘justificar a capitulação completa do Governo de Cabo Verde à Vontade dos Estados Unidos’”.

“Capturados 20 suspeitos terroristas em Cabo Delgado”, avança a “Folha de Maputo” em Moçambique. O “Notícias Online” divulga que o deputado “Lutero Simango formaliza candidatura à liderança do MDM”.

“Governo timorense decreta luto nacional pelo falecimento de Jorge Sampaio” e “Presidente da República promulga alteração ao Estatuto do IQTL [Instituto para a Qualidade de Timor-Leste, I.P.]” são dois temas partilhados pela “Tatoli” em Timor-Leste.

Quanto à Guiné-Bissau, “O Democrata” indica que o Presidente “Sissoco integra equipa de mediadores da CEDEAO [Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental] para a Guiné-Conacri” e que os “Resíduos contaminam recursos haliêuticos das zonas costeiras da Guiné-Bissau”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Cabo Verde: Correia e Silva quer Economia Digital a valer 25% do PIB

Cabo Verde: Correia e Silva quer Economia Digital a valer 25% do PIB

O primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva, tem como meta fazer com que a Economia Digital contribua com 25% do Produto Interno Bruto (PIB). Este objetivo…
Grécia quer cooperar com Angola na Segurança Marítima

Grécia quer cooperar com Angola na Segurança Marítima

A Grécia manifestou a Angola o seu desejo de estabelecer cooperação nos domínios da Segurança Marítima, Comércio, Turismo, Indústria, Agricultura e Inovação. Essa…
Moçambique: INGD alerta para risco de inundações e cheias

Moçambique: INGD alerta para risco de inundações e cheias

A presidente do Instituto Nacional de Gestão e Redução do Risco de Desastres (INGD) Luísa Meque, apelou às comunidades que residem nas…
Timor-Leste: Diáspora na Coreia do Sul enviou mais de USD 30 milhões

Timor-Leste: Diáspora na Coreia do Sul enviou mais de USD 30 milhões

Os trabalhadores timorenses na Coreia do Sul já enviaram para Timor-Leste, de 2009 a 2021, cerca de 39 milhões de dólares…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin