capa da Revista de Imprensa Lusófona

Revista de Imprensa Lusófona de 14 de setembro de 2021

Na Guiné-Bissau “O Democrata” publica que “Bissau e Praia iniciam trabalhos de implementação da linha de transporte marítimo”. Na “ANG” pode ler-se “Inspeção escolar: Presidente da Comissão Nacional  manifesta sua inquietação sobre ‘falta de fiscalização’ do ensino”.

Sobre Timor-Leste a “Tatoli” escreve que a “Equipa conjunta para recenseamento eleitoral no estrangeiro sai em outubro”. O site do Governo timorense refere que o “CROP [ Comité de Revisão Político] conclui audiências com 98 entidades estatais”.

A “Carta de Moçambique” avança que “Arguido admite pagamentos à mulher de ex-diretor da ‘secreta’”. De acordo com a “Folha de Maputo”, os “EUA [Estados Unidos da América] concluem segundo treino militar conjunto em Moçambique”.

“PAICV acusa governo de esconder contrato assinado entre o Estado de Cabo Verde, os TACV e a Loftleidir”, partilha o “Expresso das Ilhas” em Cabo Verde. “Governo reitera sua preocupação com baixa taxa de vacinação em Santiago Norte”, lê-se na “Inforpress”.

A “STP-Press”, agência de notícias de São Tomé e Príncipe, menciona “Programa de cooperação entre Portugal e São Tomé e Príncipe ‘assinado a qualquer momento’”. O “Jornal Tropical” indica que o “Projecto WACA segue com o lançamento de pedra para a construção de uma Escola Primária na Vila de Malanza”.

Em Portugal o “Público” tem em manchete “Autárquicas 2021: Direita e CDU à conquista de mais poder local. PS tenta resistir”. O “Diário de Notícias” divulga que a “Revisão das leis laborais mistura-se com negociação orçamental”.

O “Jornal de Angola” informa “Partidos sem dinheiro do Estado para fiscalização do registo eleitoral”. Segundo o “Angola 24 Horas”, o presidente da UNITA “Adalberto Costa Júnior anuncia em breve liderança da Frente Patritória Unida”.

No Brasil “O Globo” tem em manchete “PGR [Procuradoria-Geral da República] pede que STF [Supremo Tribunal Federal] suspenda medida provisória de Bolsonaro que dificulta combate a ‘fake news’”. A “Folha de S.Paulo” destaca que “Inflação alta coloca em risco plano de Bolsonaro de Bolsa Família turbinado”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin