capa da Revista de Imprensa Lusófona

Revista de Imprensa Lusófona de 15 de abril de 2021

O site do Governo de Timor-Leste menciona que o primeiro-ministro “Taur Matan Ruak agradece ao seu homólogo Australiano Scott Morrison pela resposta positiva ao pedido oficial de apoio à aquisição de vacinas”. Segundo a “Tatoli”, o “CNRT [Congresso Nacional para a Reconstrução de Timor-Leste] pede a Governo cooperação com Xanana”.

Sobre Portugal o “Público” destaca que o “Governo reabre todas as escolas mas admite travão nos concelhos de maior risco”. A deputada do PS “Ana Gomes acusa Sócrates de utilizar ‘estratégia’ para se ‘vitimizar’. E teme que ainda exista ‘o culto’ do ex-primeiro-ministro”, lê-se no “Expresso”.

“UCID critica aglomerações promovidas por PAICV e MpD”, refere o “Expresso das Ilhas” em Cabo Verde. “A Nação” noticia “Legislativas: PP diz que pobreza em Cabo Verde deriva das más políticas e não da falta de chuva”.

“Instituto Marítimo Portuário: Funcionários observam greve de cinco dias em reivindicação de seis meses de salários em atraso” e “Covid-19: Guiné-Bissau recebe mais 29 mil doses de vacinas e Magda Robalo promete mais” são dois dos temas divulgados pela “ANG” na Guiné-Bissau.

No Brasil o “Estadão” destaca que “Orçamento força Bolsonaro a optar por Congresso ou Guedes”. Já “O Globo” tem em manchete “Maioria dos senadores que deverão integrar CPI [Comissão Parlamentar de Inquérito] da Pandemia quer início imediato dos trabalhos”.

A “Carta de Moçambique” escreve que o “Comandante da PRM [Polícia da República de Moçambique] orienta corporação a localizar grupo dissidente da Renamo”. A “Folha de Maputo” informa que o Presidente “Nyusi participa no diálogo da Commonwealth sobre mudanças climáticas”.

De acordo com a “Téla Nón”, em São Tomé e Príncipe, “Júlio Silva apresenta-se como candidato espontâneo” às eleições presidenciais. A “STP-Press” publica que o “Ministro da Agricultura deixa ‘cair’ o seu Director-geral”.

O “Portal de Angola” avança que o “Governo deve declarar estado de emergência no Cunene devido à fome, dizem entidades locais”. O “Ver Angola” partilha que “Angola e Portugal defendem ‘esforços conjuntos’ dos Estados no Golfo da Guiné”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, assinou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, o pedido formal de adesão à União Europeia…
Ucrânia: Ataque russo em Kharkiv causa 11 mortes

Ucrânia: Ataque russo em Kharkiv causa 11 mortes

O Governo ucraniano afirmou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que morreram 11 pessoas e centenas ficaram feridas durante um ataque russo…
Angola: Cidadãos angolanos fogem da Ucrânia

Angola: Cidadãos angolanos fogem da Ucrânia

A maioria dos angolanos que viviam em Kharkiv, segunda maior cidade da Ucrânia, decidiu abandonar o local no sábado, 26…
Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) partilhou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que já são mais…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin