Lusofonia | Notícias

Revista de Imprensa Lusófona de 15 de janeiro de 2021

capa da Revista de Imprensa Lusófona

Em Angola “O País” refere que o “PIIM [Plano Integrado de Intervenção nos Municípios] cria mais de 20 mil postos de trabalho”. O “Jornal de Angola” noticia que a “UNITA aprovou actividades para o primeiro trimestre”. 

A “STP-Press”, agência de notícias de São Tomé e Príncipe, escreve que “Parlamento aprova Orçamento Geral de Estado para 2021 com deputados da oposição a abandonar a sessão”. Segundo o “Jornal Tropical”, o “Banco Mundial vai desbloquear 30 milhões de dólares para São Tomé e Príncipe”. 

Sobre Moçambique o “Notícias Online” informa que as “FDS [Forças de Defesa e Segurança] resgatam 21 cidadãs sequestradas por terroristas”. De acordo com “O País”, o “PR [Presidente da República] faz mexidas no Estado Maior General e Serviço Cívico de Moçambique”. 

Na Guiné-Bissau “O Democrata” publica que os “Governos guineense e português assinam programa de cooperação no valor de 60 milhões de euros”. A “ANG” cita o ex-Secretário-geral do Partido da Renovação Social (PRS), Artur Sanhá, que afirma que o “PRS está a decrescer no cenário político nacional”. 

Em Portugal o “Expresso” partilha “Sondagem. Metade dos portugueses defende remodelação do Governo”. A candidata presidencial “Ana Gomes apresentou 21 compromissos e Alegre criticou o PS”, menciona o “Público”. 

No Brasil “O Globo” destaca que o Presidente “Bolsonaro e filhos migram para a Telegram, rede social russa”. Na “Folha de S.Paulo” lê-se que o “Brasil quer enviar avião para buscar vacinas, mas Índia diz que é ‘muito cedo’”. 

“PAICV diz ‘duvidar’ se o ex-ministro dos Negócios Estrangeiros teve ‘iniciativa de pedir a sua demissão’ do Governo”, divulga “A Semana” em Cabo Verde. “Demissão de Luís Filipe Tavares: Primeiro-ministro acusa PAICV de desenvolver uma telenovela e tirar proveito próprio”, pode ler-se na “Inforpress”. 

O site oficial do Governo de Timor-Leste informa que “Governo e Parlamento Nacional discutem ratificação de Acordo de Serviços Aéreos com a Austrália”. O “Sapo Notícias” avança que “Governo timorense suspende cerca sanitária em Oecusse e relaxa restrições”.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo