Revista de Imprensa Lusófona de 16 de junho de 2021

Em Portugal o “Público” noticia que o “PS lança novo portal que permite pagamento de quotas e adesões online”. De acordo com o “Observador”, o “PCP quer redução do preço do passe intermodal de 40 para 30 euros”. 

Na “Carta de Moçambique” lê-se “Ataques em Cabo Delgado: Apoio aos deslocados deve integrar quem os acolhe – bispo”. O portal do Governo moçambicano divulga que o “Governo aprova decreto que cria Instituto Nacional dos Transportes Rodoviários”. 

“Nguema Obiang Mangue mostra preocupação com o desemprego juvenil no país” e “República Popular da China reafirma o seu interesse em apoiar o setor de saúde na Guiné Equatorial” são dois dos temas partilhados pela página do partido PDGE, na Guiné Equatorial

Segundo o “Santiago Magazine”, em Cabo Verde, “Deputada imputa ‘erosão’ da liberdade de imprensa à ‘ineficácia das reformas propaladas’ pelo Governo”. Já “A Nação” refere que a “JPAI exorta governo a aumentar investimento na formação e qualificação dos jovens que ingressam no serviço militar”. 

O “Jornal de Angola” avança que “Morreu secretário provincial do PRS”. O “Portal de Angola” menciona que o “Antigo administrador do município de Quela, em Malanje, foi detido por peculato”. 

Na Guiné-Bissau “O Democrata cita o Presidente da República, Umaro Sissoco Embaló, que afirma: “Eu e o Presidente João Lourenço não somos amigos, mas temos canais de comunicação”. A “ANG” publica que a “PGR [Procuradoria-Geral da República] abre investigação sobre alegadas tentativas para envenenamento do PM [primeiro-ministro]”. 

“Câmara aprova urgência de projeto que restringe punição para gestores públicos”, é a manchete do jornal “O Globo”, no Brasil. A “Agência Brasil” escreve que a “Câmara aprova MP [Medida Provisória] que libera verba para municípios atingidos por chuvas”. 

A “STP-Press”, agência de notícias de São Tomé e Príncipe, partilha que o “Governo negoceia dívida com Angola, pede esclarecimentos sobre catamarans e considera reajuste irreversível”. O “Jornal Transparência” informa que o “Presidente da Guiné-Bissau inicia visita oficial a São Tomé e Príncipe”. 

“Governo suspende confinamento em Díli e mantém cerca sanitária em quatro municípios” e “Governo aprova definição de montantes pecuniários do Projeto da Cidade Universitária de Aileu” são dois dos assuntos publicados pela “Tatoli”, em Timor-Leste.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Guiné-Bissau assume a presidência rotativa da Assembleia Parlamentar da CPLP

Guiné-Bissau assume a presidência rotativa da Assembleia Parlamentar da CPLP

A capital guineense acolheu de 7 a 8 de Julho a 10ª Assembleia Parlamentar dos Países da Língua Oficial Portuguesa…
Moçambique: Frelimo preocupada com acidentes de viação

Moçambique: Frelimo preocupada com acidentes de viação

O secretário-geral da Frelimo, Roque Silva, declarou que a prevenção dos acidentes de viação e o combate à Covid-19 devem ser reforçados. Isto porque, segundo o…
Portugal regista mais 3.194 infetados por covid-19 e ultrapassa os 900 mil casos desde o início da pandemia

Portugal regista mais 3.194 infetados por covid-19 e ultrapassa os 900 mil casos desde o início da pandemia

O boletim epidemiológico, divulgado pela Direção Geral da Saúde esta sexta feira, refere que o número de casos confirmados de…
Presidente da Guiné-Bissau pede melhor tratamento para guineenses em Cabo Verde

Presidente da Guiné-Bissau pede melhor tratamento para guineenses em Cabo Verde

O chefe de Estado da Guiné-Bissau, Umaro Sissoco Embaló, considerou “inaceitável” que houvesse rumores de guineenses barrados à entrada dos aeroportos em Cabo Verde, país onde se…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin